Você sabe quais são os 11 erros mais comuns no follow-up?

Olá Campeão, olá Campeã!

Follow-up significa “dar a continuidade a algo que foi iniciado anteriormente com o intuito de avançar e concluir.”

E você sabe porque essa definição é importante?

Porque, de maneira simples e direta, resume a principal causa de baixos resultados da maior parte das equipes de vendas que recebe a incumbência de prospectar novos clientes.

A perda de oportunidades devido às ineficiências (ou pior… falta de) follow-up são absurdas. Pior: acontecem todos os dias e vão se acumulando.

A resposta não deveria ser prospectar mais mas sim MELHORAR o FOLLOW-UP!

Sempre que fazemos pesquisa na VM sobre os principais desafios, Prospecção aparece como um dos principais pontos.

Mas quando você se aprofunda no que as empresas (e vendedores e vendedoras) estão fazendo, descobre que na verdade o grande problema não é a quantidade de leads e nem mesmo a qualidade, mas sim a FALTA DE FOLLOW-UP.

Um estudo da XANT.ia, por exemplo, mostrou que vendedores/as tem, inclusive, uma percepção totalmente errada em relação aos seus trabalhos e processos de follow-up.

Na média, vendedores e vendedoras analisados e acompanhados mais de perto fazem de 3 a 4x MENOS follow-up do que falam que fazem.

Por isso o assunto follow-up é justamente o tema do Desafio que estamos propondo esta semana no PAV, Programa de Aceleração VM. Baseado numa série de conceitos, processos, recomendações e estatísticas na aula que apresentei, estamos fazendo uma revisão séria do processo de follow-up para aproveitar melhor as oportunidades que vem sendo perdidas de maneira INEFICIENTE.

São 11 os erros principais na hora de fazer follow-up (leve isso em consideração na hora de fazer sua autoavaliação e revisão, caso queira fazer sozinho/a e por conta própria):

  1. Demora na resposta.

  2. Deixar que o follow-up ou recontato seja responsabilidade do prospect.

  3. Erros de cadência (exagerada e/ou inexistente).

  4. Dependência de uma só forma de contato.

  5. Não usar técnicas de vendas consultivas/perguntas (objeções ocultas).

  6. Desorganização.

  7. Desistir cedo demais.

  8. Nunca desqualificar.

  9. Falta de roteiro/foco em evoluir (próximos passos?).

  10. Não usar indicadores de performance específicos da follow-up para tornar o processo mais eficiente.

  11. Mesmice, falta de criatividade, robotização.

O mercado está super competitivo e não permite mais estes erros básicos de acompanhamento e follow-up. Para facilitar, gravei um vídeo rápido sobre isso e disponibilizei para você assistir (sozinho/a ou com a equipe) aqui:

Inscrições para o Programa de Aceleração VM, onde você pode assistir a aula completa sobre Follow up, ter acesso às estatísticas de melhores práticos com os estudos feitos sobre como ser mais eficiente no follow-up, você pode fazer aqui: https://loja.vendamais.com.br/produto/pav-programa-de-aceleracao-vendamais/

Abraço, boa$ venda$ e lembre de se organizar para fazer follow-up da maneira CORRETA!

Raul Candeloro
Diretor

P.S.: Esta é a última semana onde aceitarei ainda empresas participando do PAV.
Se não, só em 2021. https://loja.vendamais.com.br/produto/pav-programa-de-aceleracao-vendamais/