Trabalho temporário:como potencializar os retornos e gerar oportunidades

Final de ano é sempre uma época marcada por oportunidades de contratação de trabalhadores temporários. Para as empresas, o foco principal é suprir o alto de demanda do momento. Já para os profissionais, pode ser a chance para desenvolver uma nova habilidade, aumentar os ganhos ou até mesmo buscar oportunidades para fazer parte do quadro fixo dos funcionários.

Afinal, qual a melhor forma de aproveitar esta oportunidade? Como uma empresa pode selecionar, treinar e reter funcionários temporários comprometidos e com bom resultado? E os profissionais, como podem se destacar e galgar chances de se estabelecer e crescer na empresa?

Pensando neste tema, conversamos com Cilene Santos, Gerente de RH da OPAH IT Consulting, consultoria de inovação em TI, que desenvolve soluções customizadas para empresas de áreas diversas,com variados níveis de especificidade. A OPAH IT Consulting possui 7 anos de atuação no mercado brasileiro e cerca de 100 colaboradores em atividades. Dentre os clientes que atende, estão Banco Original, Carrefour, Avianca, CCB, Cnova, CVC, Delta, Fleury, Gerdau e Grupo Construcap, Porto Seguro e Via Varejo.

Confira
a seguir dicas para potencializar seus resultados com trabalho temporário.

Fale um pouco sobre trabalho temporário. Quais as dúvidas mais comuns (tanto de empresas, quanto de candidatos a uma vaga temporária) em relação ao assunto?

O trabalho temporário é aquele onde um
prestador, que pode ser tanto uma pessoa física quanto uma pessoa jurídica,
executa uma atividade por tempo determinado pelo contratante. Algumas vezes
pode ser uma vaga para atender à necessidade de substituição transitória de
pessoal permanente ou à demanda complementar de serviços. Por exemplo, datas
comemorativas, onde a procura dos compradores costuma ser maior.

Em alguns casos, o trabalho temporário pode ser também a necessidade de um projeto, onde um profissional com um conhecimento específico consegue atender a demanda daquele cliente em um prazo determinado, chamados de projetos pontuais.

Para as empresas, sempre ficam dúvidas quanto à qualificação desse profissional. Se ele consegue resolver e atender os prazos e metas estabelecidas dentro do que o cliente necessita. E, também, se vai ser comprometido o suficiente, pois nem sempre há a garantia ou possibilidade de uma efetivação. Então, isso pode gerar uma desmotivação desse novo contratado.

Para os candidatos, acredito que a maior dúvida seja em relação ao ambiente de trabalho, se vai ser tratado de maneira igualitária aos demais funcionários. No momento da entrevista, muitos questionam benefícios e a possibilidade de uma efetivação.

Quais são os erros mais comuns de serem cometidos em relação a trabalho temporário pelos funcionários empregados neste período?

Infelizmente, alguns contratados tendem a se comportar como se fossem funcionários efetivos das empresas e começam a exigir benefícios, entram em conflito interno e até mesmo se comportam igual aquele funcionário que, por ser mais sênior dentro da empresa, tem um pouco mais de vantagens, como um horário mais flexível, por exemplo. Em outros casos, é comum também um certo comodismo por parte desse profissional, uma vez que ele sabe o dia que vai começar e o dia que vai terminar o seu contrato. Então, ele não se dedica tanto para atender as demandas e prazos.

Dessa lista de erros, qual você considera o mais grave? Por quê?

Na minha opinião, o mais grave é o comodismo dos profissionais nas contratações temporárias, uma vez que esse profissional perde a chance de, em um outro momento, ser lembrado pelo contratante e ter, quem sabe, uma nova oportunidade até com uma possível efetivação.

O famoso networking também conta,uma vez que se esse profissional não executa a sua função com o devido empenho e dedicação, dificilmente será indicado pelos colegas para uma outra oportunidade, mesmo que seja em outra empresa.

E as empresas, quais os erros mais comuns cometidos, seja na contratação, no treinamento ou na retenção de funcionários temporários?

Na contratação penso que a procura por profissionais mais “baratos”, ou seja,aqueles que tiverem pretensão salarial menor. O problema, nesses casos, é que nem sempre esse profissional tem as qualificações necessárias para atender uma demanda de curto prazo. E isso pode impactar diretamente na meta desejada pela empresa.

No treinamento, muitas vezes, o contratante não pode ou simplesmente prefere não investir em um funcionário que ficará pouco tempo na empresa.

Dessa lista de erros, qual você considera o mais grave? Por quê?

O Treinamento! Se esse funcionário não estiver bem qualificado e nãoreceber o devido treinamento, com certeza não vai conseguir atender asexpectativas do contratante, pois seu serviço não será de qualidade.

Na VendaMais somos bem focados em Vendas, então vamos falar um pouco mais sobre isso. Na sua opinião, o que um vendedor temporário deve fazer para se destacar e conseguir ampliar as chances de contratação?

Para
um vendedor, o cartão de visitas é o resultado das metas determinadas pelo
contratante e, para isso, claro, é necessário conhecer bem o
produto. Ninguém vende aquilo que não conhece ou não gosta. Também é
importante ter amplo conhecimento da empresa que o contratou, não só do produto
que foi designado a vender. É preciso entender o produto de forma
ampla, transmitir segurança ao comprador.

Quem
busca um vendedor espera que ele entenda e conheça o produto que está
oferecendo, que seja simpático, atencioso e esclareça todas as dúvidas. É importante
aproveitar essa oportunidade e fazer dela uma marca na carreira, pois se o
profissional conseguir se destacar, com certeza haverá chances de efetivação ou
de ser lembrado em uma outra oportunidade.

Falando um pouco do trabalho como consultoria agora: que tipo de empresa ou pessoa geralmente contrata seus serviços? O que busca?

Empresas que buscam a OPAH IT CONSULTING são companhias que procuram soluções de TI sob medida ou profissionais com conhecimentos na área de TI. Assim, contratamos profissionais que conhecem, desenvolvem e criam softwares de acordo com as necessidades específicas de cada cliente. Atendemos vários segmentos de companhias, como aviação, bancos,empresas de turismo, varejo, etc.

Por outro lado, que tipo de projeto não é adequado para você? Ou seja, que tipo de problemas/situações/desafios você geralmente prefere não aceitar ou indicar para algum colega?

Até
hoje na OPAH IT CONSULTING, nossos cases são todos voltados para
desenvolvimento e análise de softwares. Então, preferimos deixar para empresas
que tenham uma expertise maior projetos como os de infraestrutura, suporte de hardwares, cabeamentos, estruturação e
montagem de CPDs, por exemplo.

Qual seu diferencial em relação a outros consultores? Qual a “marca registrada” da OPAH IT Consulting?

O nosso contratado é para nós o nosso maior patrimônio. Sem ele não podemos deixar os nossos clientes satisfeitos, então fazemos forte investimento em treinamento e qualificação dos nossos profissionais. Afinal, esse cuidado é o maior diferencial da OPAH IT CONSULTING,é nossa “marca registrada”.

Com tanta experiência na área, quais dicas ou informações você vê sendo dadas pela mídia sobre trabalho temporário com as quais claramente não concorda ou que considera que deveriam ter uma abordagem diferente?

O que me preocupa é a banalização do trabalho temporário. Muitas vezes ouvimos palavras se referindo ao emprego temporário como um“bico”. O trabalho temporário é muito importante! O profissional que se prontifica a exercer esse trabalho merece a nossa consideração. Vale ressaltar que não é só nas datas comemorativas que estas oportunidades acontecem.

Algum último comentário que queira fazer para os leitores da VendaMais?

A dedicação à empresa que você está prestando um serviço temporário vai fazer toda a diferença se você busca uma efetivação. O termo “vestira camisa” deve ser levado ao pé da letra. Muitas vezes, esse serviço temporário pode ser uma grande oportunidade de crescimento profissional, pessoal e para se aperfeiçoar para uma outra chance. Então, não deixe essa oportunidade passar. Agarre-a e, quem sabe, a sua tão sonhada vez chegará. Boa sorte!

Para saber mais:


Site:  http://www.opah.com.br/


Linkedin: https://www.linkedin.com/company/opah-consulting/


Email: recrutamento@opah.com.br 


Telefone: (11) 2806-3849

Leia também: