Sua empresa realmente tem o DNA do Crescimento?

***
Atenção líderes comerciais!
Começam em Fevereiro/2021 as aulas do curso Gestão de Equipes Comerciais (GEC)
O único curso 100% prático para gestores e líderes de equipes comerciais do Brasil
Mais informações: jean@vendamais.com.br ou meire@vendamais.com.br
Ou pelo site: www.queroparticipardogec.com
***

Feliz Ano Novo!

No meu nome, no do Caetano e de toda a equipe VendaMais, desejamos que você tenha um maravilhoso 2021!

Uma coisa que temos notado é que, mesmo sendo Janeiro e com muita gente em férias, ainda assim tem muita gente já na ativa. Não só planejando mas trabalhando (aqui na VM, por exemplo, voltamos na 2ª feira, dia 4/01 à ativa… e vocês aí na sua empresa?).

Como na VM levamos vendas a sério, já quero aproveitar para começar o ano acelerando, com energia positiva e foco SEMPRE em crescimento pessoal e profissional.

Falando de energia positiva e crescimento, aqui na VendaMais temos defendido muito o conceito da CGN – Cultura Geradora de Negócios: quando a empresa inteira, todos os departamentos, trabalham juntos para vender mais, atender melhor o cliente e aumentar a rentabilidade.

Para que isso aconteça não é só a equipe de vendas que precisa crescer e evoluir, mas todos os outros departamentos da empresa também, o que acaba criando uma grande espiral positiva que fortalece a empresa como um todo.

O crescimento acontece quando as pessoas (e as empresas) abandonam sua zona de conforto e entram na zona de aprendizagem, que traz consigo incertezas, um certo stress e também muitas novas oportunidades.

Vimos isso acontecer com muita intensidade em 2020 e 2021 com certeza não vai ser diferente: teremos inúmeros desafios que, se encarados corretamente, abrem oportunidades incríveis de adaptação, melhoria, diferenciação e crescimento.

Para Ram Charan e Noel Tichy, autores de Crescimento e Lucro (Ed. Campus) existem 5 grandes motivos para sua empresa colocar “crescimento” também no DNA da sua empresa:

  1. Não existem negócios “maduros”: Elimine de uma vez por todas das conversas e pensamentos da empresa que existem negócios maduros. Qualquer empresa, de qualquer tamanho, em qualquer indústria – não interessa quão “madura” seja essa indústria – pode crescer, uma vez que seus líderes aprendam a olhar além das definições tradicionais de mercado ou indústria que constrangem suas decisões. Ao redefinir seu modelo de negócio, ou o mercado em que atuam, empresas encontram oportunidades fantásticas de crescimento. Veja a Apple com o iPod, por exemplo, ou a Gol e a BRA, redefinindo o mercado da aviação comercial.
  2. Nem todo crescimento é bom: Crescimento a qualquer custo, ou crescer só por crescer, podem ser receitas para o desastre. O bom crescimento é aquele que é sustentável e lucrativo. Não confunda crescimento com explosões repentinas de demanda que depois somem, ou vendas feitas agora mas que podem prejudicá-lo no futuro (vendas feitas sem qualidade, por exemplo).
  3. A mentalidade do crescimento vem da liderança: Sem apoio total e irrestrito de cima, não só com palavras, mas alinhando os 4 blocos do DNA que vimos na semana passada (estrutura/organograma; direitos de decisão; fatores motivacionais e cadeia de informação), não se pode esperar que o resto da empresa tome a iniciativa de crescer.
  4. Crescimento balanceado é o segredo do sucesso: O crescimento sustentado, de longo prazo, requer atenção meticulosa ao básico – custo, qualidade, produtividade, melhoria contínua e todos os outros fatores que contribuem para a excelência.
  5. Crescer é menos arriscado do que não crescer: Muitas vezes ouvimos falar que crescer é arriscar-se. Sim, realmente precisamos ter coragem para apoiar novas idéias. Mas uma estratégia de crescimento sustentado, baseada na satisfação das necessidades de seus clientes, é muito menos arriscado do que ficar parado enquanto a concorrência se mexe.

Os mesmos autores criaram o que eles chamaram de Growth Audit, ou Auditoria do Crescimento. É basicamente um questionário sobre as opções de crescimento que sua empresa tem.

  1. Client share – participação no bolso do cliente: O que mais você poderia vender para seus clientes atuais?
  2. Expansão geográfica: Onde mais sua empresa poderia vender?
  3. Novas tecnologias/produtos/serviços: Quais novas ofertas casariam bem com as atuais?
  4. Novos mercados: Que outros produtos/serviços poderiam ser oferecidos para entrar em mercados parecidos, ainda não atendidos?
  5. Novos canais: Que outros canais de vendas poderiam ser criados eficientemente?
  6. Ressegmentação: Como segmentar os clientes de maneira criativa, oferecendo soluções específicas de acordo com cada perfil?
  7. Serviços especiais: Quais serviços podem ser agregados às suas ofertas (garantias, por exemplo).
  8. Redefinição: Como podemos redefinir nosso mercado de maneira a ampliá-lo?

São assuntos assim que gostamos de debater e ajudar a organizar com nossos clientes aqui na VendaMais.

Para 2021, que tal pensar numa destas opções para trabalharmos juntos?

  • Consultoria para implantar a CGN – Cultura Geradora de Negócios na sua empresa.

Fale com Guilherme Rasmussen, nosso diretor comercial: guilherme@vendamais.com.br

  • Plano anual de treinamento para sua equipe de vendas/atendimento/comercial.

Fale com Karen Jardzwksi, nossa diretora de treinamentos: karen@vendamais.com.br

  • Palestras para convenções e grandes eventos:

Fale com o Jean (jean@vendamais.com.br) ou Meire (meire@vendamais.com.br) – são eles que coordenam projetos especiais e as agendas de palestras do Caetano e a minha.

Inclusive, temos feito muitos encontros online para clientes, com a equipe reunida por Zoom. Se tiver interesse, entre em contato!

  • Curso online GEC – Gestão de Equipes Comerciais de Alta Performance (o melhor e mais prático curso de formação de gestores comerciais do Brasil, indo para sua 9ª turma anual).

Participe do processo de seleção para a turma de 2021 clicando aqui: www.queroparticipardogec.com ou fale com o Jean ou a Meire (contatos acima).

Abraço, obrigado, boa$ venda$ e um excelente 2021 para você e sua família!

Raul Candeloro
Diretor