Segurança da informação: luxo ou necessidade para empresas?

Empresa Deserv revela os desafios dos diferentes portes de empresas para garantir a segurança da informação e os erros na hora de manter a atualização necessária à área de tecnologia da informação 

Quem não se recorda do finado Orkut, rede social do início dos anos 2000 que chegou a atingir a marca de mais de 50% de usuários brasileiros? A rede social chegou ao final em 2014, mas acabou gerando uma oportunidade. Um brasileiro resolveu dar vida ao Orkuti (assim mesmo, com i ao final), à época uma rede social com o objetivo de homenagear o Orkut.

O que iniciou como um pequeno servidor de 1 GB de memória, atingiu rapidamente 300 usuários, começando a apresentar os primeiros problemas de queda. Foi então contatada a DeServ, empresa dedicada a projetar, implementar e gerenciar soluções de infraestrutura tecnológica e serviços de TI. O desenrolar dessa história é possível acompanhar entre os cases da empresa, que acabou criando e gerenciando uma infraestrutura específica para o Orkuti, chegando a atender próximo a 1 milhão de usuários.

Fundada em 2012, a DeServ tem como objetivo prover segurança e tranquilidade para empresas, por meio de soluções em tecnologia da informação. A empresa também atua em segurança de dados (antivírus, firewall, proxy, criptografia, backup, etc.), data center e licenciamento Microsoft para empresas, além de realizar venda e locação de hardware (como servidores, impressoras e desktops).

Para entender mais sobre a DeServ e como ela pode ajudar no suporte aos mais diversos portes de empresa, conversamos com Thiago Guedes Pereira, Diretor Comercial na DeServ – Tecnologia & Serviços.

O que vocês oferecem exatamente na Deserv? Como o seu serviço é diferente das outras empresas similares no mercado?

Estamos oferecendo soluções em segurança da informação e nos diferenciamos em automação de processos relacionados, suporte e qualidade dos produtos (mundialmente reconhecidos).

Na VendaMais somos 100% focados em vendas. Como a Deserv pode ajudar uma empresa a vender mais e melhor? Pode compartilhar com a gente alguns casos de sucesso?

A TI normalmente serve de suporte para outras áreas. Temos um cliente que é uma empresa multinacional que não teve mais problemas em suas estações de trabalho, servidores e rede, garantindo mais disponibilidade e conformidade.

Que tipo de empresa pode se beneficiar deste tipo de serviço?

Empresas de todo o porte, mas as que mais investem são de médio e grande porte.

Da mesma forma, que tipo de situação a Deserv NÃO se propõe a resolver?

Empresas que se preocupam unicamente com preço baixo. Não trabalhamos com qualquer ferramenta, apenas as que são reconhecidas em termos de segurança.

Quais são os erros mais comuns que você vê as empresas cometendo em relação à segurança da informação e os demais serviços que a Deserv oferece?

São vários, mas poderia citar:

  • Tentar fazer tudo em casa.
  • Usar ferramentas “gratuitas” e não considerar os outros custos.
  • Basear estratégia unicamente no que conhece, sem procurar por uma norma, como por exemplo a ISO 27001.
  • Acreditar que o futuro repetirá o passado. Exemplo: “nunca tivemos problema com isso”.
  • Não considerar a atualização das tecnologias e dos técnicos.

Dessa lista de erros, qual você considera o mais grave? Por quê?

O erro mais comum é tentar fazer tudo em casa, principalmente nos tempos de hoje que os times de TI são cada vez mais enxutos. Além disso, dificilmente um técnico bom é generalista. Os profissionais realmente bons procuram especialização.

Imagine que uma empresa está preocupada em implantar melhorias em relação a segurança da informação. Por onde deve começar? De maneira sucinta e objetiva, quais as principais recomendações?

A primeira etapa é confrontar as boas práticas de mercado com o que se tem em casa. Considerar o que é prioridade, plano de investimento e estratégias de mitigação dos ricos.

Com tanta experiência na área, quais dicas ou informações você vê sendo dadas pela mídia sobre segurança da informação com as quais claramente não concorda, que acha exageradas ou apenas modismos que passarão?

Fora do Brasil a Segurança da informação é largamente utilizada por todo nível de empresa. Aqui ainda é vista como um luxo. A dica é considerar cases reais que estão a todo momento no noticiário e buscar um parceiro de tecnologia para ajudar nisso.

Onde uma pessoa que quiser saber mais sobre a Deserv pode encontrar informações e tirar dúvidas?

O melhor lugar é através do nosso e-mail, site ou por telefone. Deixe uma mensagem que entramos em contato com você!

Algum último comentário que queira fazer para os leitores da VendaMais?

Hoje o maior ativo da empresa é informação. Você sabe quais são os impactos de perder seus dados? De ficar sem internet? De sua informação cair na mão dos concorrentes? Quanto seu negócio depende da tecnologia? Fique atento, o diabo mora nos detalhes. Um exemplo rápido disso é a nota fiscal, que agora é 100% online.

Para saber mais

Leia também