Rôgga Empreendimentos aposta em modelo exclusivo para treinamento e gestão do time de vendas

Segmentação de mercado e inovação no setor imobiliário
também estão entre os diferenciais da empresa para manter a liderança no norte
catarinense

Fundada
em 2006, em Joinville (SC), a Rôgga Empreendimentos é atualmente uma das 20
maiores construtoras do Brasil, de acordo com o ranking ITC – Informações
Técnicas da Construção. A visão inovadora e o investimento em qualificação de
equipes – em especial dos times de vendas – rendeu a esta construtora e
incorporadora uma série de prêmios nacionais, dentre as maiores e mais
inovadoras empresas do sul.

Para
entender os diferenciais da Rogga, conversamos com Vilson Buss, fundador e presidente da empresa e presidente do Sindicato
da Indústria de Construção Civil de Joinville (Sinduscon). Administrador e especialista em planejamento empresarial, marketing e
vendas e MBA Executivo, Buss atuou por 20 anos como executivo no ramo
industrial, incluindo atuação na Ciser Porcas e Parafusos (do grupo H. Carlos
Schneider), de Joinville (SC), e está há mais de 10 anos no segmento da
construção civil. Confira a seguir a visão do empresário para este mercado em
2019 e como trabalhar segmentação ajudou a Rogga a melhor performar no
segmento.

Como e quando surgiu a Rôgga?

A Rôgga
Empreendimentos surgiu em 2006, com a missão de oferecer aos clientes uma
moradia com qualidade, que gere valorização no mercado e, consequentemente,
satisfação para os clientes. Nosso
objetivo é oferecer produtos e serviços confiáveis, com qualidade, conforto,
segurança, inovação e sustentabilidade.

Atendemos a um
público segmentado, por meio de linhas de produto padronizadas, que se
consolidaram com pesquisas de mercado. As linhas se destacam pelos
empreendimentos situados em localizações privilegiadas, escolhidas de acordo
com a necessidade do futuro morador, e com diferenciais na planta e em áreas
comuns. Desenvolvemos empreendimentos com alta competitividade, com um
custo-benefício que diferencia nossos residenciais, e investimos em tecnologia
e inovação para oferecer soluções cada vez mais sustentáveis.

Hoje somos líder no setor do norte catarinense devido a
uma marca com alta confiabilidade, excelência técnica, gestão diferenciada e
fortes parcerias no mercado, com fornecedores de primeira linha. Mais de 5 mil
famílias já compraram um empreendimento Rôgga. Já entregamos mais de 380 mil m²
de área construída nas cidades de Joinville, Jaraguá do Sul, Barra Velha,
Balneário Piçarras, Penha e Florianópolis.

As pesquisas falam por nós. A Rôgga está entre as 100
maiores de Santa Catarina (96ª posição) e entre as 500 maiores do Sul do país (394ª
posição), segundo ranking “Grandes & Líderes – 500 Maiores do Sul”,
promovido há quase 30 anos pela Revista Amanhã e PwC Brasil. Neste ano, a
Revista Amanhã também elegeu a Rôgga como uma das 50 empresas mais inovadoras
do Sul, sendo a única do setor da Indústria da Construção.

Em 2018, a empresa também foi vencedora no levantamento “Best Managed Companies”, da pesquisa “As PMEs que mais crescem no Brasil”, promovida pela Deloitte e pela revista Exame, destacando-se também no segmento de construção civil, na quinta colocação. Ainda conquistou o 19º lugar no Ranking ITC, que classificou as 100 maiores construtoras do Brasil em 2017 e foi listada em terceiro lugar no setor de Construção Imobiliária do anuário “As Melhores da Dinheiro”, prêmio da revista IstoÉ Dinheiro. A Rôgga ainda foi a primeira incorporadora e construtora do Brasil a receber o Selo Casa Azul, categoria Ouro, referência em sustentabilidade pela Caixa Econômica Federal (CEF). 

Vilson Buss, fundador e presidente Rôgga Empreendimentos

Vocês têm Missão, Visão, Valores bem
definidos? Se sim, quais são?

Nossa missão é
melhorar o habitat humano, buscando excelência em qualidade, satisfação dos
clientes e crescimento contínuo.

A visão da Rôgga
é ser referência no setor pela confiabilidade, competitividade e inovações nos
empreendimentos.

Os valores consistem
em termos conosco:

  • pessoas
    motivadas, éticas e com forte iniciativa;
  • clientes
    satisfeitos;
  • confiabilidade
    para atender toda a expectativa gerada;
  • qualidade em tudo
    o que fazemos;
  • inovação na busca
    de novas e melhores soluções;
  • responsabilidade
    financeira e social;
  • segurança total
    no ambiente de trabalho;
  • simplicidade na
    maneira de fazer;
  • agilidade em
    desenvolver as atividades com rapidez;
  • austeridade em
    utilizar os recursos disponíveis.

Quais foram as maiores dificuldades
nestes últimos dois anos, com a economia em recessão?

Apesar de termos
tido crescimento nas vendas nos dois últimos anos, sem dúvida o fator externo
gerou muita insegurança para o consumidor final, principalmente nos imóveis de
médio padrão. Com os índices de desemprego aumentando, indefinição política e
atraso das reformas, muitos preferiram não arriscar fechando negócios.
Entretanto, temos percebido nos últimos meses que há uma retomada da confiança
e aumento da demanda.

Quais foram os principais sinais de
sucesso que começaram a aparecer, mostrando o acerto da estratégia e modelo de
negócio da Rôgga nestes últimos meses?

Buscamos segmentar o mercado, tanto em portfólio
de produtos quanto em localização dos mesmos. Isso ajudou bastante, pois temos
opções de compra em cidades e empreendimentos diferentes. Trabalhamos hoje com
cinco linhas de produtos (New, Soft, Easy, Comfort e Home), com preços que
oscilam de R$ 120 a 900 mil.

O que vocês fazem que é totalmente
diferente da maior parte dos concorrentes?

A Rôgga se
destaca por trabalhar com segmentação de produtos, atendendo diversos tipos de
público e mercado. Também temos parceiros de vendas, espalhados principalmente
em Santa Catarina, Paraná e São Paulo. Além disso, atuamos com um sistema
construtivo tecnologicamente avançado, o Rôgga Edifícios Sustentáveis (RES),
que nos destaca muito na competitividade.

Especificamente em relação a Vendas
(que é nosso foco na VendaMais), como vocês treinam a equipe comercial para
reforçar seus diferenciais e não cair na guerra de preços?

A construtora possui um modelo exclusivo de treinamento e gestão do time de vendas através da Academia de Vendas Rôgga e o sistema Rôgga Sales Force. A nossa academia consiste em treinamentos frequentes junto ao time de vendas com objetivo de preparação e qualificação dos parceiros imobiliários que trabalham as vendas dos nossos produtos. Com a academia conseguimos identificar os “gaps” das equipes e preparar treinamentos junto com a gerência, para desenvolvimento dos profissionais, qualificando assim nosso atendimento. Além disso, temos um sistema de fácil utilização, o Rôgga Sales Force, que ajuda bastante no processo e gestão das vendas.

Rôgga Empreendimentos, obra Vila Açoriana vista de cima

O que vocês têm feito de especial
para atrair novos clientes e que tem funcionado bem?

Localização acima
da média, competitividade por m², qualidade do produto, entrega no prazo e
acabamento são considerados os nossos diferenciais no mercado imobiliário,
atraindo e fidelizando cada vez mais os nossos clientes.

E em termos de fidelização de
clientes, algo em especial que façam para que os clientes continuem comprando
ou fazendo negócios com vocês?

Temos um banco de
dados no nosso sistema CRM que é trabalhado frequentemente à medida que
novidades vão surgindo, como promoções, campanhas e novos lançamentos. Com
isso, nossa equipe de vendas oferta a esse público com condições diferenciadas
para aquisição de mais unidades.

Existe algo que era feito antes e
que vocês PARARAM de fazer, por mais dura que fosse a decisão, para atualizarem
seu modelo de negócios?

Preferimos falar
daquilo que fazemos constantemente para aprimorar os nossos negócios como
atualização e criação de novos produtos, busca de parceiros comerciais mais
eficazes e sistema construtivo inovador.

Em quais áreas da empresa foram
feitos os principais investimentos nesse processo de crescimento da Rôgga? Não
só em termos de dinheiro/investimentos, mas revisão de processos, aumento de
eficiência, etc. Ou seja, onde foi colocado mais foco e energia?

Nos últimos anos, a inovação tecnológica tem sido um fator
de diferenciação na indústria da construção civil. A tendência das empresas
inovadoras têm sido a busca pela melhoria contínua de processos e produtos, que
resulta em aumento de qualidade e redução de custos.

Nos últimos cinco anos foram investidos mais de R$ 25 milhões,
com recursos próprios e com apoio da Financiadora de Estudos e Projetos
(Finep), destinados à implantação definitiva do sistema Rôgga Edifícios
Sustentáveis (RES). O objetivo é desenvolver empreendimentos projetados com
soluções de sustentabilidade, gerando alta qualidade de produto, maior
competitividade e maior eficiência ambiental. Entre os benefícios, há
diminuição de 80% dos resíduos gerados durante a construção, eliminando o uso
de madeira, além da redução de água e de energia elétrica.

Além disso, concentramos esforços e investimentos no
desenvolvimento da plataforma de vendas Rôgga Sales Force, e da plataforma Sua
House, para gerenciamento dos leads.

Quais os próximos passos? Ou seja, o
que estão planejando para o futuro? Qual o próximo grande objetivo?

Estamos otimistas
com a retomada da confiança na economia com o novo governo. Para 2019,
planejamos 12 lançamentos no mercado, totalizando a construção de 1.500 apartamentos,
com um Valor Geral de Vendas (VGV) estimado de R$ 330 milhões. Os lançamentos
irão contemplar todas as linhas de produtos.

Em cinco anos,
pretendemos ampliar nossa atuação em um raio de até 200 km. Estamos avaliando
entrar em mercados de cidades dentro deste raio. No momento, ainda estamos
realizando pesquisas e estudos de demandas referentes ao potencial de vendas.

Que conselhos daria para um
empreendedor pensando em iniciar um projeto pessoal mas ainda relutando se
começa (arrisca…) ou não?

Antes de
ingressar em qualquer negócio, é muito importante conhecer a fundo do mercado e
suas tendências. Saber se o perfil do empreendedor combina com o tipo de
mercado que pretende investir. Ter um plano de ação, um planejamento e
definição das metas e objetivos do novo negócio. Além disso, é importante ter
determinação, disciplina e trabalhar muito.

Existe algum livro, vídeo, filme, pessoa que
mais influenciou sua trajetória pessoal/profissional e que você recomendaria
para pessoas que querem resultados melhores?

Em gestão, tenho
grande admiração pelo professor, consultor e administrador Vicente Falconi. Em
seu livro “O Verdadeiro Poder”, ele relata, por meio de cases, questões importantes para que uma empresa possa se
desenvolver e crescer.

Algum comentário final que gostaria de fazer
para nossos assinantes e leitores da VendaMais?

Agradeço pela
oportunidade em compartilhar um pouco sobre o trabalho da Rôgga por aqui,
desejo que a leitura seja construtiva para os leitores atuantes na área.

Para saber mais:

Leia também: