Realidade Aumentada: qual o potencial para incrementar a conversão de vendas no PDV?

Com a transformação digital abrupta por conta da pandemia do COVID-19, o uso da realidade aumentada tem aumentado de forma expressiva. De acordo com dados divulgados da Fortune Business Insights pela PR Newswire em 2019, as soluções de Realidade Aumentada (RA) e Realidade Virtual (RV) podem alcançar um crescimento médio de 42,2% nos próximos anos, podendo chegar a US$ 120,5 bilhões em 2026. Nesse ano, a expectativa é que o RA esteja entre as soluções prioridades para 46% das organizações entrevistadas.

Empresas que querem vender e converter mais, transmitir mais segurança e possibilitar visão para os seus clientes podem ter na realidade aumentada uma ferramenta estratégica essencial. Para entender o potencial da RA, conversamos com Marcos Trinca, Head de XR da More Than Real, startup brasileira referência global no desenvolvimento de experiências, para falar sobre essa tendência. E mais: como essa solução tem sido fundamental para a conversão de vendas dos negócios no PDV? Confira na entrevista a seguir concedida para Raul Candeloro.

Realidade Aumentada: qual o potencial para incrementar a conversão de vendas no PDV?

A More Than Real é uma empresa que desenvolve soluções fazendo o uso de Visão Computacional, como a Realidade Aumentada. Atualmente possuímos duas frentes: uma de projetos customizados com um time criativo e de tecnologia que desenvolve ações pontuais de Realidade Aumentada, seja via web ou redes sociais. Por exemplo: um filtro de Instagram para que os usuários possam testar uma maquiagem em suas faces ou uma experiência em 3D que se materializa na embalagem de um produto. A segunda vertical está focada no desenvolvimento do nosso produto para diminuir a fricção da jornada de compra dos consumidores, seja no PDV ou no e-commerce. Este produto permite que nossos clientes criem camadas de interações sobre uma live, ou mesmo customizem experiências de Realidade Aumentada que são disparadas por QRCodes na embalagem de um produto físico ou por um link na loja online.

Como exatamente a More Than Real pode ajudar uma empresa a melhorar seus resultados em vendas? Pode compartilhar com a gente alguns casos de sucesso?

As nossas soluções visam gerar a aproximação dos consumidores com os produtos e serviços que desejam, e isso acontece de uma forma digital. Um case nosso que gosto muito de mencionar é o da Nespresso, que inaugurou no ano passado a sua “Boutique em Casa”. Uma loja ao vivo que permite que consumidores conversem com atendentes em tempo real, sem que estes consumidores tenham que sair de suas casas. Você entra na live da boutique e é atendido pelo vendedor que está ali para tirar todas as suas dúvidas e orientar sobre a sua compra.

Um case que demonstra a Realidade Aumentada é o de Tetrapak leites. Por meio de dezenas de milhões de embalagens que foram distribuídas no Brasil, os consumidores podem materializar em suas casas uma personagem 3D que demonstra a importância da reciclagem e como a marca trabalha e considera isso importante, demonstrando as ações que realiza para impactar o meio ambiente de maneira positiva.

Que tipo de empresa pode se beneficiar deste tipo de solução?

Acredito que qualquer empresa possa se beneficiar desta tecnologia. Nós já trabalhamos com indústria de cosméticos e beleza, automóveis, decoração, food & beverage, entretenimento, turismo, saúde entre outras, e de modo geral os dados demonstram que a Realidade Aumentada pode trazer uma experiência positiva para os usuários. A tecnologia é extremamente versátil, permitindo uma camada de informação interativa e realista sobre a realidade física, abrindo possibilidades que vão desde o teste de produtos projetados holograficamente no ambiente das pessoas, como também story telling materializados em 3D para ensinar e conscientizar os consumidores.

>> Exclusivo para assinantes: Análise de clientes: conheça a matriz para lidar com diferentes grupos de clientes

Da mesma forma, que tipo de situação você NÃO se propõe a resolver?

Sinceramente não consigo pensar em algo que a Realidade Aumentada não consiga ajudar. A visão computacional permitiu que os nossos celulares entendam, por meio da câmera, onde estamos e como é a geometria deste ambiente. Essa possibilidade de saber que estamos em casa, em uma loja, num aeroporto ou numa sala de aula, e em função disso, trazer uma camada de informação que se materializa sobre a Realidade Física torna esta tecnologia um mar de possibilidades para qualquer indústria.

Quais são os erros mais comuns que você vê as empresas cometendo em relação a tentar implantar a realidade aumentada em iniciativas de marketing e vendas?

Acredito que o erro mais comum e relevante é tentar fazer alguma coisa muito simples e rápida, num prazo muito apertado sem considerar o contexto que o usuário está. Para se aproveitar o máximo que a tecnologia oferece é necessário criar uma jornada que faça sentido para o usuário de uma forma cativante, que engaje e coloque o consumidor numa situação de surpresa. Pra isso o planejamento da ação e da experiência é muito importante. Fazer às pressas algumas vezes vai funcionar, mas seria muito melhor ter o tempo de planejamento e criação adequados para que a ação ou experiência de fato entregue o melhor resultado

Imagine que uma empresa está pensando implantar melhorias em relação a este assunto. Por onde começar? De maneira sucinta e objetiva, quais as principais recomendações?

Acredito que entender o potencial da tecnologia para o seu problema é o primeiro passo. Para isso, buscar referências e exemplos de ações que resolveram o mesmo problema é fundamental. Quando procurar por empresas que se propõem a entregar essas soluções, peça exemplos e cases que demonstrem como elas já utilizaram a tecnologia. Identificando uma empresa confiável, entregue de maneira clara um documento que demonstre exatamente qual problema você pretende resolver, assim como referências de uso da tecnologia que você acredita que tenham sido um sucesso e envolva os parceiros e departamentos pertinentes.

Muitas vezes as ações precisam respeitar um posicionamento de marca ou mesmo um keyvisual de campanha ou guide de arte de um produto. Além disso, considere o tempo de criação e planejamento da ação tão importantes quanto o tempo de execução e produção do projeto. E por fim, não esqueça que a Realidade Aumentada, no fim das contas, é uma aplicação, um software, que foi escrito e codificado com elementos e interações complexas, e que por isso exige um período de testes que assegure a qualidade da entrega.

Com tanta experiência na área, quais dicas ou informações você vê sendo dadas pela mídia sobre o assunto do uso da tecnologia nestas áreas específicas que comentamos acima com as quais claramente não concorda, que acha exageradas ou apenas modismos que passarão?

Eu percebo que a tecnologia está na sua infância. Quando o conceito de AppStore foi inaugurado pelo Steve Jobs há mais de uma década, as pessoas que estavam desenvolvendo Apps naquele momento não imaginavam que um dia o Uber ou o AirBnb existiriam e que seriam empresas gigantes e poderosas ao ponto de mudar tanto a sociedade e a vida dos consumidores e usuários. Naquele momento seria bem difícil dizer o que de fato estava valendo a pena ser feito.

Penso que estamos exatamente no mesmo ponto agora. Muito está sendo testado, serviços estão começando a surgir para resolver dores que nem sequer sentíamos, mas que percebemos que podem facilitar muito a vida das pessoas em suas diferentes jornadas, seja de consumo, saúde, educação, etc. A Realidade Aumentada certamente veio para ficar e o que de fato vai nascer dessa tecnologia, que fará a diferença como nos exemplos que dei acima, ainda não temos como prever com 100% de certeza. O que podemos é estar atentos e antecipando o futuro, na medida do possível, com nossos clientes. Nós pesquisamos muito sobre como os consumidores se adaptam e mudam as próprias maneiras de viver em função das novas tecnologias. E levamos estes estudos para nossos clientes, exatamente pra tentar ter os feedbacks necessários que nos ajudem a saber o que de fato vai fazer a diferença na vida das pessoas.

Para saber mais:

Leia também: