Pouco e bem feito é melhor do que muito e mais ou menos

Com frequência sou convidado para dar palestras. Sei que faço isso bem há anos, mas sinto que quando me dão mais tempo eu consigo resultados melhores. Por isso tenho me dedicado cada vez mais a workshops de seis a oito horas. Nesse tipo de encontro dá para se aprofundar, falar não só do que fazer, mas, principalmente, como e por que fazer.

Nesse sentido, um grupo de mentoria que se destaca é o que faço há quase quatro anos em São José do Rio Preto (SP). Os trabalhos estão baseados na minha metodologia chamada V6, que já foi tema de reportagem de capa de VendaMais (você pode ler clicando aqui).

Como este ano estamos abrindo uma turma nova, queria explicar como funciona e convidar você a participar, caso tenha interesse.

O grupo de mentoria V6 funciona assim:

– São seis encontros no ano, um encontro a cada dois meses.

– Os encontros deste grupo acontecerão sempre em São Paulo (local ainda a ser definido) ou em São José do Rio Preto.

– Os encontros começam sempre às 9h, vão até o meio-dia, há um intervalo de uma hora e meia de almoço, e aí vamos até 16h/16h30.

– Cada empresa tem uma mesa, em que podem participar de quatro a cinco pessoas da equipe (geralmente dono(a)/diretor(a) + 4 colaboradores). O ideal é que sejam da equipe comercial, mas é muito rico e produtivo quando gestores de várias áreas ou pessoas de setores diferentes passam o dia debatendo um tema específico e como melhorar os itens e indicadores abordados naquela ocasião.

– Nos meses em que não temos encontro pessoal, fazemos um webinário para apresentação de cases, perguntas e respostas etc.

– Cada encontro tem um tema específico:

1) Planejamento/posicionamento/aceleração de vendas/dashboard (painel de controle com indicadores)

2) Fidelização de clientes

3) Gestão de oportunidades na carteira atual de clientes

4) Reativação de clientes inativos

5) Prospecção de novos clientes

6) Inovação e lançamentos

– Ao final de cada encontro, você sai com pelo menos um projeto para implantar na sua empresa em relação ao tema do dia.

– Com o passar dos encontros, membros do grupo vão apresentando seus cases e compartilhando o andamento de projetos.

– Tem minha palavra de que cada módulo paga, com folga, o investimento.

– Muitas empresas aproveitam para passar esse dia discutindo assuntos estratégicos superimportantes, que às vezes se perdem na rotina. É comum muita gente nem sair da sala na hora do almoço ou depois que acabou o evento – continuam debatendo e discutindo os assuntos que surgiram, aproveitando que finalmente estão todos juntos, sem interrupções.

Basicamente é isso. Estou montando o grupo de São Paulo e assim que tivermos o mínimo de inscritos (precisamos de pelo menos dez empresas para começar), marcaremos a data do primeiro encontro (provavelmente em março/abril).

O grupo de São José do Rio Preto, por estar indo para o quarto ano, já está mais evoluído, mas todo ano abrem duas ou três vagas (que rapidamente esgotam, por isso não divulgo muito).

Caso queira realmente participar, avise-me que peço para uma pessoa da minha equipe entrar em contato para acertarmos os detalhes. Mande-me um e-mail para raul@vendamais.com.br

Só peço que coloque V6 SJRP ou V6 SP no assunto, assim consigo direcionar mais rapidamente para a pessoa responsável.

E se tiver alguma dúvida ou pergunta em relação a como funciona o V6, é só avisar.

Abraço, obrigado,