O que é para você um Dia Perfeito de Alta Performance em tempos de isolamento social?

***
Atenção!

Lançamos uma verdadeira Central de Guerra para equipes e gestores comerciais lidarem com a crise

Artigos, entrevistas, vídeos, cursos

Tudo para cumprir nossa missão de ajudar o Brasil a vender mais e melhor – mesmo em tempos de pandemia.

www.vendamais.com.br/central-de-guerra-covid-19/
***

Em momentos assim pelos quais estamos passando, de tensão e turbulência causados por essa crise do coronavirus e os impactos econômicos (duros, mas necessários) de isolamento social, precisamos muitas vezes revisar nosso dia a dia.

O ser humano, como dizia meu avô, é um animal de hábitos. Precisamos então, basicamente, revisar nossos hábitos (principalmente para quem foi para home office).

Um exercício que gosto muito de fazer em workshops e mentorias é o que chamo de Dia Perfeito e que acho que se aplica perfeitamente a este momento de isolamento social e revisão de nossos hábitos diários, principalmente para quem está de home office.

De maneira simples e resumida, funciona assim:

a) Você faz uma lista com 10 coisas que, se fizer durante o dia, terá um dia perfeito.

Alguns exemplos de frases que já vi sendo colocadas com frequência no Dia Perfeito:

  • Acordar cedo
  • Tomar café da manhã tranquilo
  • Fazer X ligações
  • Responder todos os e-mails
  • Rezar, meditar
  • Alimentar-me bem
  • Fazer exercício
  • Ler pelo menos 15 ou 30 minutos
  • Ir dormir antes das 11:00

Procuro não influenciar o que vai no Dia Perfeito de cada um, justamente para respeitar as diferenças e reforçar que cada um vai ter uma lista diferente.

A questão não é o que os outros colocam: é o que faz VOCÊ ter um Dia Perfeito (e se está fazendo isso ou não).

b) Todas os itens colocados nessa lista devem ser coisas que você FAZ, que tem controle. Nada de terceirizar a responsabilidade do seu sucesso para fatores externos e/ou fora do seu controle.

Esse é um ponto que sempre me chamou muito a atenção: pessoas de baixa performance tendem a colocar na lista do Dia Perfeito coisas sobre as quais não tem controle nem influência.

Por exemplo: “Meu dia perfeito é quando tem sol e a temperatura está boa”, “Meu dia perfeito é quando recebo um elogio do meu chefe ou do meu cliente”, etc.

Note como não conseguimos FAZER essas coisas – existe uma terceirização da responsabilidade.

São coisas que nos acontecem e aqui queremos 100% do foco no que temos controle. Coisas que NÓS FAZEMOS.

Pessoas de alta performance fazem exatamente o contrário: tem a tendência de colocar a imensa maioria de tarefas a realizar – todos verbos de ação.

c) Ao final do dia, você revisa a lista e anota se fez aquilo ou se não fez. A nota média, ao começar o exercício, é geralmente algo ao redor de 5. Com o passar dos dias, você vai melhorando até chegar à nota 10 (seu Dia Perfeito).

Tenho dezenas de depoimentos que alunos/clientes meus me mandam até hoje por começarem a exercitar seu Dia Perfeito e melhorarem seus resultados e sua vida só porque entraram num ritmo diferente.

Na primeira vez que o exercício é feito, é comum que a nota fique em 5 – ou seja, a pessoa está fazendo 5 das 10 coisas que seu Dia Perfeito teoricamente deveria ter. Em alguns casos a nota é ainda mais baixa – 2 ou 3, por exemplo. Isso significa uma rotina de baixa performance e, pior ainda, infeliz ou insatisfeita. Claramente algo não sustentável.

Ao fazer a lista, fica claro que a responsabilidade pelo seu sucesso está na verdade em suas mãos. Só precisa se organizar, ter foco e depois disciplina e consistência.

Sucesso não é o que você faz de vez em quando – é o que você faz todos os dias.

Só para você ter uma ideia de como fica, aqui está o Dia Perfeito que um amigo, cliente e aluno meu (Téo William, que conheci através do maratonista, presidente da AC de Jaguariúna e sócio diretor da JRS, João Rodrigues Santos) mandou neste domingo e que permitiu compartilhar aqui com você.

  1. Fazer um elogio por dia para cada membro da equipe, com uma mensagem de positividade.
  2. Estudar uma publicação da Venda Mais e desenhar uma estratégia de uso para o tema aprendido no dia.
  3. Cortar/Reduzir/Realocar/Otimizar um custo por dia.
  4. Estudar minha carteira de clientes, 1 hora por dia, catalogando-os por segmento, por necessidade e por ticket.
  5. Estudar minha carteira de ex-clientes, 1 hora por dia; catalogando-os por segmento, por motivo de término de contrato e por possíveis ajudas que podemos oferecer ao mesmo (a princípio, sem custo).
  6. Contactar um cliente por dia, diagnosticando o estado emocional do mesmo e reforçando sobre nossos esforços para ajudá-lo a superar a crise e crescer pós corona.
  7. Criar/Rever/Adaptar um produto/serviço do meu portfólio, atualizando a sua Proposta de Valor.
  8. Fazer uma análise e reestruturar algum processo da empresa, dando prioridade para a área comercial).
  9. Fazer 2 prospecções.
  10. Fazer 0,20 venda (uma venda por semana).

O exercício do Dia Perfeito é… perfeito (desculpe o trocadilho, não resisti) justamente para isso. Organiza, dá foco, estimula a disciplina e a consistência.

Experimente fazer o exercício e colocar em prática – vai ficar surpreso com os resultados.

Abraços de alta performance,

Raul Candeloro
Diretor

P.S. Não deixe de visitar nossa nova Central de Guerra: www.vendamais.com.br/central-de-guerra-covid-19/