Manual do Líder – Dicas práticas para você liderar melhor sua equipe de vendas

É líder de uma equipe comercial e quer desempenhar sua função cada vez melhor? Confira as dicas abaixo!

Bons líderes são bons aprendizes!

É inegável que programas de desenvolvimento são importantes para aprimorar o desempenho de gestores comerciais. Porém, sozinhos, treinamentos e cursos não são suficientes para formar bons líderes! A experiência prática é um fator importante no aperfeiçoamento desses profissionais. Especialmente quando vivência e aprendizagem andam juntas.

É o que mostra um estudo feito na UNSW Business School, de Sidnei, Austrália. A pesquisa aponta que os líderes que realizam suas tarefas diárias no “modo aprendiz” (ou seja, preocupados em executar e aprender, ao mesmo tempo) são mais eficientes e conseguem evoluir mais do que aqueles que apenas fazem as atividades sem levar em conta o que podem aprender com elas.

A pergunta que fica, então, é: como ativar esse “modo aprendiz” no seu dia a dia como gestor?

Os pesquisadores descobriram que os líderes que conseguiram se desenvolver de maneira mais eficiente são aqueles que adotam estas atitudes:

1 – Metas de aprendizagem.

Um passo importante no desenvolvimento das suas habilidades como líder é definir objetivos de aprendizagem. Por exemplo: “preciso ser mais comunicativo”; “preciso melhorar minha persuasão”. Com metas como essas em mente, em cada atividade que ele realiza, o gestor aprendiz pode identificar oportunidades de treinar a aptidão em questão.

2 – Experimento com novas estratégias.

Outra característica comum aos líderes aprendizes é que eles estão sempre buscando novas fontes de autodesenvolvimento. Seja por meio de abordagens diferentes, no modo de falar ou agir com os liderados, por exemplo, ou experimentando ferramentas ou metodologias novas.

3 – Avaliação constante.

Os líderes aprendizes estão também sempre avaliando os resultados e buscando feedbacks externos. Dessa forma, eles conseguem entender a eficiência das estratégias utilizadas. A reflexão sobre o que funciona e o que precisa ser melhorado é fundamental para a evolução profissional do gestor.

As descobertas deste estudo são importantes para mostrar que o desenvolvimento dos líderes nem sempre precisa custar caro. Além disso, as habilidades de liderança podem ser aprendidas e praticadas. Você concorda?

Envie um e-mail dizendo o que você faz para se desenvolver no dia a dia e evoluir como líder e contribua com o debate: leitor@vendamais.com.br

“Um líder leva pessoas para onde elas querem ir. Um grande líder leva pessoas aos lugares em que elas não necessariamente querem ir, mas deveriam ir.”

Rosalynn Carter, ex-primeira-dama norte-americana.


O propósito das atividades como ferramenta de engajamento da equipe

As tendências de consumo atuais mostram que as pessoas buscam se relacionar com marcas que tenham um propósito forte e que levem suas causas em conta na hora de ofertar seus produtos e serviços. Acontece que essa motivação também é importante para engajar o público interno da empresa. É o que aponta um estudo feito por Adam Grant, pesquisador na área de gestão e autor dos best-sellers Originais – como os inconformistas mudam o mundo e Dar e receber – uma abordagem revolucionária sobre sucesso, generosidade e influência.

Segundo a pesquisa de Grant, quando o líder dá um significado para as tarefas ou quando ele mostra o sentido das atividades, há um aumento incrível no nível de motivação e produtividade da equipe. Segundo o pesquisador, você pode fazer isso simplesmente explicando como o trabalho dos profissionais é importante para a empresa.

Os experimentos realizados no estudo mostram que apenas cinco minutos de interação com os profissionais, mostrando o significado do trabalho deles, gera os seguintes benefícios:

  • Ajuda os colaboradores a entenderem o impacto da atuação deles.
  • Os profissionais sentem-se mais valorizados.
  • Aumenta a empatia do time em relação à empresa e aos clientes.

Excelente, não é mesmo?

A seguir, confira algumas maneiras de aplicar essa estratégia em sua empresa e aumentar o engajamento da equipe oferecendo um significado real ao trabalho que ela realiza:

  • Brainstorming de propósitos. Na reunião com seus colaboradores, compartilhe a importância do trabalho deles e questione se eles teriam algum outro significado para acrescentar.
  • Depoimento de clientes. Mostre aos profissionais da sua equipe o depoimento de alguns clientes que comprovem como o trabalho deles impacta positivamente na vida dessas pessoas.
  • Compartilhe valores. Também é importante que os profissionais estejam engajados no propósito da empresa. Quando eles percebem que o trabalho deles ajuda na causa que a organização defende, isso também dá mais significado às tarefas diárias.

Por meio de ações como essas, fazer da sua equipe um verdadeiro time será muito mais fácil!


Como liderar em tempos de constante transformação

Nas empresas, quando a palavra “mudança” é mencionada, geralmente ela vem acompanhada de sentimentos como medo, frustração e resistência. Mas acontece que, no mundo atual, em que as transformações acontecem de forma cada vez mais acelerada, a capacidade de mudar e se adaptar é imprescindível para a sobrevivência das organizações.

Os líderes assumem um papel importante nesse contexto, pois são eles quem vão tomar a frente e orientar os profissionais no novo caminho a ser seguido. O especialista em gestão e inovação Jim Hemerling aponta que um dos principais erros dos gestores nesses momentos é demorar demais para agir em relação às mudanças necessárias. Assim, no “modo urgente”, as transformações se tornam mais dolorosas e menos eficazes.

Em sua palestra no TED, Hemerling explica que, para serem efetivas, as mudanças precisam estar aliadas a um propósito forte e os processos devem sempre colocar as pessoas em primeiro lugar. Assista, inspire-se e aprenda mais sobre como liderar em tempos de constantes transformações: bit.ly/liderar-mudancas.

Conteúdo publicado originalmente na VendaMais de janeiro/fevereiro de 2018.

É líder e quer melhorar sua performance? Leia também: