Invisto no João ou na Maria?

Imagine que eu tenho dois vendedores: o João e a Maria.

João e Maria trabalham na mesma empresa, com os mesmos produtos e serviços, mesma tabela de preço, mesmas condições, mesma estrutura, mesmo TUDO. E a Maria vende o DOBRO do que o João.

Agora imagine que você é o gerente dos dois e recebeu uma proposta de treinamento de vendas. Quem você enviaria para o treinamento?

  • O João, que está com as vendas baixas e precisa de ajuda?
  • A Maria, que está com as vendas altas e merece o investimento nela (até porque vai ser mais fácil de pagar o investimento no treinamento)?
  • Não mandaria nenhum dos dois, treinamento é custo, as vendas estão caindo e é hora de cortar.
  • Mandaria os dois: O que está com as vendas baixas e a que está com as vendas boas, pois a empresa ganha muito quando os dois melhoram seus resultados. Treinamento é investimento.

E aí – o que você faria?

Pense rapidamente e responda sinceramente: Um, outro, nenhum, os dois?

Muitos anos atrás, escutei o Joelmir Beting, jornalista especializado em economia que faleceu em 2012, falar uma frase que achei genial. Ele criticava de maneira inteligente as empresas que “economizavam munição durante a guerra”.

Se eu faço um investimento que me traz retorno maior do que o que investi, seria uma burrice “cortá-lo”, certo?

Por exemplo: Se eu aplico um e recebo dois, mesmo que o mercado esteja complicado e recessivo, por que deveria cortar isso?

Mas é o que tenho visto todos os dias.

O treinamento de vendas permite que você melhore VÁRIOS indicadores importantes:

  • O número de contatos feitos pelos vendedores.
  • O aproveitamento destes contatos (percentual de conversão/fechamento).
  • O ticket médio/valor médio de compra.
  • A argumentação de venda, que impacta diretamente no uso mais inteligente de descontos nas negociações.
  • O mix de produtos e/ou serviços sendo trabalhados pelos vendedores.

Ou seja, se um gestor quer realmente melhorar seus resultados, precisa agir de maneira mais estratégica, agindo pontualmente para influenciar e melhorar as atividades e a eficiência da equipe de vendas. Isso não acontece se você não TREINAR seus vendedores!

Além disso, o treinamento é uma ferramenta fantástica de engajamento e motivação da equipe. E é fácil de entender por quê.

Se eu sou um vendedor e minhas vendas estão caindo, em qual tipo de empresa gostaria de trabalhar?

  • Na que me dá apoio e me ajuda a me desenvolver e melhorar?
  • Na que não me dá apoio, diz “está difícil mesmo” e basicamente recomenda: “se vire!”.

E aí? Qual das duas realmente tem uma equipe motivada e engajada?

Já sabemos qual a resposta. O que eu não entendo é por que ainda tem tanta gente no segundo time.

Na verdade, eu acho que sei por que isso acontece. Porque é mais fácil terceirizar a culpa e a responsabilidade. É mais fácil reclamar. É mais fácil colocar-se numa postura de vítima.

Complexo de vítima não leva ninguém ao sucesso!

Ficar reclamando de coisas negativas, sobre as quais não temos controle, não leva ninguém à alta performance e ao sucesso. Pelo contrário: cria uma espiral negativa do fracasso!

Eu prefiro a espiral positiva do sucesso. Mas esse sucesso só vem para quem entende as dificuldades como oportunidades para crescer e superar.

Por isso eu tenho reforçado tanto a oportunidade maravilhosa que criamos com o Circuito VM 2015.

Foram três dias de palestras com os melhores do Brasil, mostrando o caminho sobre como evoluir e crescer mesmo em mercados competitivos, recessivos ou complicados.

Por apenas R$ 997 você tem acesso a tudo isto e mais:

  • Gigantes das Vendas 2016 (30 dos melhores palestrantes e consultores com artigos e videoaulas de treinamento).
  • As dez melhores palestras do Circuito VM de 2014.
  • Uma série de bônus e e-boks, que, só eles, já pagam todo o investimento.

Os detalhes estão aqui: http://www.circuitovm.com.br/treinamento-completo

A ASTD, que é a associação norte-americana de treinamento e desenvolvimento, fez um estudo no começo dos anos 2000 sobre o retorno sobre investimento especificamente na área de treinamento em vendas. O resultado foi de 400%. Para cada dólar investido em treinamento de vendas, retornam quatro em resultados!

Mesmo assim, 50% das empresas continuam não investindo em treinamento/desenvolvimento/capacitação e, como editor da VendaMais, eu diria que quase 90% dos profissionais de vendas não investem em si mesmos.

Ou seja, estão perdendo 50% do seu potencial. Isso mesmo, metade do potencial… desperdiçado!

É mais ou menos como um carro que sai andando (ou tenta sair) com o freio de mão puxado. Isso já aconteceu com você? Aquela sensação de que tem alguma coisa prendendo, forçada, que não anda? Pois é exatamente isso que acontece quando você usa 50% do seu potencial.

Conhecimento aplicado é PODER. Pense nisso: PODER.

Poder fazer mais, pensar melhor, sentir-se melhor, ter resultados melhores.

Isso é o que eu quero que você consiga na sua vida, independentemente da economia, do dólar, da inflação.

Você tem uma ferramenta maravilhosa ao seu dispor. O melhor investimento que você pode fazer em qualquer momento da sua vida, ainda mais agora, é o do seu CRESCIMENTO e do seu DESENVOLVIMENTO.

E você tem tudo isso no pacote premium do Circuito VM.

http://www.circuitovm.com.br/treinamento-completo

  • Todas as palestras do Circuito VM 2015.
  • Gigantes das Vendas 2016 (30 dos melhores palestrantes e consultores com artigos e videoaulas de treinamento).
  • As dez melhores palestras do Circuito VM de 2014.
  • Todos os e-books de bônus.

Agora é com você! Voltamos ao caso dos…

Conteúdo completo somente para assinantes da E-zine VendaMais (Grátis).

Clique aqui, cadastre seu e-mail para receber semanalmente dicas do Raul Candeloro. Junte-se aos mais de 55 mil assinantes. E receba gratuitamente um e-book com 31 dicas para divulgar seu negócio!