Gentileza vende, então evite desgentilezas

Tenho pensado bastante em diferenciais competitivos e, quanto mais penso no assunto e quanto mais estudo, mais acredito que pequenas diferenças produzem grandes resultados.

Por exemplo: pode parecer piegas, mas eu realmente acredito que ser gentil e educado ajuda a vender.

Acho que prestar atenção e estar presente ajuda a vender.

E não é só a parte financeira/comercial – é a qualidade dos relacionamentos, de vida.

Caetano, meu sócio, publicou ontem um post no seu Insta falando “Seja a gentileza que você quer ver no mundo”. Concordo 100% com isso.

Ao mesmo tempo, vejo com frequência que alguns vendedores, por falta de atenção, pressa ou interesse, cometem pequenos deslizes que transmitem aos prospects e clientes exatamente o contrário: falta de gentileza. Não é grosseria, porque é mais sutil.

É o que poderíamos chamar de ‘desgentileza’ talvez? Se a palavra não existe… acabamos de inventar, juntos – você e eu.

Fiz uma lista rápida de 15 ‘desgentilezas’ que às vezes são cometidas (e que deveriam ser evitadas).

Veja o que acha e se incluiria algo na lista de desgentilezas.

15 desgentilezas mais comuns na área comercial

  1. Não fazer follow-up.
  2. Sutilmente criticar escolhas do cliente ou prospect.
  3. Atrasos
  4. Falsidade
  5. Errar o nome da pessoa
  6. Falar demais
  7. Falta de entusiasmo
  8. Ignorar outras pessoas no grupo
  9. Interromper a pessoa que está falando
  10. Postura arrogante
  11. Vocabulário negativo, pessimismo
  12. Repetir a mesma pergunta, não prestar atenção nas respostas
  13. Olhar para outras pessoas ou coisas, não prestar atenção na pessoa
  14. Ficar checando mensagens no celular enquanto a outra pessoa fala
  15. Foco na venda/comissão/curto prazo e não no cliente/benefícios/relacionamento.

Note como é fácil adaptar essa lista para um trabalho pessoal ou com a equipe.

  • Você pode usar a lista do jeito que está, como check-list de avaliação (estou/estamos fazendo isto?).
  • Você pode usar a lista no positivo, como check-list dos comportamentos e hábitos que queremos praticar, reforçar, desenvolver.

E você? O que acrescentaria nessa lista de pequenas desgentilezas que às vezes são cometidas, muitas vezes até mesmo sem o/a vendedor/a perceber, mas que acabam passando ao cliente a impressão de que não foi bem atendido/a?

Excelente exercício, inclusive, de reflexão pessoal – podemos estar cometendo os mesmos erros até mesmo dentro da esfera pessoal, familiar, com as pessoas mais próximas, sem mesmo notar.

Abraços gentis e uma boa semana,

Raul Candeloro
Diretor