Genexus: como acelerar o processo para criação de software empresarial

Seja para auxiliar na gestão de atividades internas da empresa ou para interagir com clientes, a criação de softwares tem se tornado cada vez comum para os mais diferentes portes e segmentos de empresas. E foi pensando em simplificar a criação de softwares, buscando trazer mais agilidade às demandas empresariais, que a GeneXus desenvolveu uma série de produtos multiplataforma. Utilizada atualmente por mais de 8.500 empresas, as ferramentas da GeneXus visam automatizar processos para desenvolvimento, manutenção, integração e modernização de aplicativos de negócios e sistemas de software. E com isso, auxiliar as equipes de tecnologia da informação de seus clientes nas criações e atualizações de softwares com maior rapidez.

A criação de um software pode, por exemplo, auxiliar processos de prospecção e negociação em vendas, criar uma plataforma para delivery e até mesmo gerar uma ferramenta para fidelização de clientes. Fundada em 1988, a GeneXus está sediada em Montevidéu (Uruguai) e possui escritórios no Brasil, Estados Unidos, Japão e México. Além disso, está presente em 45 países da África, Ásia, Europa, Oceania e Américas. Ela permite a criação de aplicativos flexíveis (baseados em modelagem, geração e interação), combinada com amplo suporte para linguagens de programação e bancos de dados atuais e antigos.

Leia a seguir na entrevista com Ricardo Recchi, country manager da GeneXus no Brasil, de que forma esta ferramenta pode ser útil para criação e manutenção de softwares para vendas, entre outras usabilidades para empresas.

O que vocês oferecem exatamente na GeneXus? Como o seu serviço é diferente das outras empresas similares no mercado?

GeneXus é uma plataforma que permite às empresas desenvolver e manter aplicativos corporativos para múltiplas plataformas e com agilidade. Seu propósito é resolver problemas de negócios reais, estendendo, integrando e melhorando os sistemas empresariais.

A GeneXus é pioneira na geração automática de aplicações com uso da Inteligência Artificial. Mais de 100 mil desenvolvedores em todo o mundo utilizam o GeneXus para criar aplicativos de forma automática nas plataformas e linguagens mais populares, sem necessidade de dominá-las. Aproximadamente 8.500 clientes encontraram no GeneXus sua vantagem competitiva. Entre eles, clientes corporativos que integram desde empresas médias a grandes corporações pertencentes a uma grande variedade de indústrias. Além disso, várias software houses e empresas de pequeno, médio e grande portes constroem suas soluções utilizando a tecnologia GeneXus. Atualmente, há milhões de usuários em todo o mundo que, sem saber, utilizam aplicativos desenvolvidos e gerados com GeneXus.

Ricardo Recchi, country manager da GeneXus no Brasil

Na VendaMais somos 100% focados em vendas. Como a criação de um software pode ajudar uma empresa a vender mais e melhor? Pode compartilhar com a gente alguns casos de sucesso da GeneXus?

Pode ajudar de diversas formas, agilizando e aprimorando os diversos processos de prospecção, negociação, venda, delivery e fidelização. A Pluscargo Brasil, por exemplo, desenvolveu uma solução de CRM (Customer Relationship Management) baseada em GeneXus que trouxe como resultado o aumento de 30% das suas vendas.

Já a Prefeitura de Blumenau desenvolveu o Pronto Mobile, um aplicativo para smartphone que visa facilitar o acesso dos cidadãos aos serviços de saúde. O desenvolvimento da aplicação levou apenas 25 dias. Isso porque a plataforma da GeneXus simplificou e automatizou a criação do aplicativo baseado em algoritmos de Inteligência Artificial. Em vez de se preocupar com a solução técnica, ou seja, como programar o aplicativo, os desenvolvedores puderam se concentrar na solução para o problema, focando no que precisava ser programado com base no conhecimento de negócios que já possuem.

Hoje, em plena era da Transformação digital, a pergunta é outra: a empresa que não usar intensivamente os softwares irá sobreviver?

Que tipo de empresa pode se beneficiar deste tipo de serviço?

Todas as empresas que desenvolvem softwares. Tanto no mercado privado quanto no setor público. Até mesmo as empresas que utilizam pacotes de mercado, como ERP e CRM, ainda têm a necessidade de acrescentar funcionalidades “adicionais” específicas aos seus sistemas para garantir diferenciais. Essa necessidade tem que ser convertida em sistemas e/ou softwares desenvolvidos internamente ou por meio de fábricas de software.

Da mesma forma, que tipo de situação a GeneXus NÃO se propõe a resolver?

GeneXus não se aplica para empresas que não desenvolvem software.

Quais são os erros mais comuns que você vê as empresas cometendo em relação à automatização e criação de ferramentas e softwares?

  1. Utilizar o mesmo processo para todos os tipos de softwares a serem desenvolvidos. Existem aplicações que são pontuais e táticas de curta usabilidade (quase que descartáveis) e outras mais estratégicas ou de grande complexidade e longevidade. Portanto, elas devem ter ciclos de desenvolvimento distintos.
  2. Desenvolver no modelo antigo e tradicional com uma programação manual, que é lenta e cara.

Dessa lista de erros, qual você considera o mais grave? Por quê?

O segundo item, pois além de mais lento (maior time-to-market) e mais caro, normalmente, torna o investimento realizado obsoleto. E, por conta do tempo de desenvolvimento, a tecnologia utilizada também se torna obsoleta. Hoje ainda se gasta muito criando soluções de software que ficarão obsoletas em poucos meses ou anos.

O modelo tradicional (desenvolvimento com programação manual) exige vários profissionais para o projeto. Normalmente, um para cada tipo de linguagem e banco de dados. Por exemplo: um aplicativo que tem interface mobile (para IOS e Android) e um backend web, normalmente, terá 1 programador para IOS, outro para Android (afinal são linguagens distintas) e outro(s) para a parte web, sem contar o profissional de infraestrutura e banco de dados. Com o GeneXus, um profissional dá conta do recado! Com GeneXus, a obsolescência tecnológica e a adoção de novas tecnologias é resolvida com uma só plataforma e o desenvolvedor pode focar seu tempo pensando no negócio!

Imagine que uma empresa está preocupada em automatizar processos ou dar vida a um novo software. Por onde deve começar? De maneira sucinta e objetiva, quais as principais recomendações?

1º Definir claramente os objetivos de curto, médio e longo prazos.

2º Mapear os processos e os sistemas atuais.

3º Identificar claramente o GAP a ser tratado.

4º Classificar o que é tático e o que é estratégico em curto, médio e longo prazos.

5º Usar metodologias Ágeis.

6º Focar no negócio e não nos detalhes técnicos das linguagens e ambientes, ou seja, utilizar ferramenta Low-Code, como a GeneXus.

Com tanta experiência na área, quais dicas ou informações você vê sendo dadas pela mídia sobre segurança da informação com as quais claramente não concorda, que acha exageradas ou apenas modismos que passarão?

Tenho profunda vivência em Segurança da Informação, inclusive já atuei como administrador de segurança em grande banco. Posso garantir que 99% das recomendações são pertinentes e deveriam ter maior atenção pelas empresas. Não somente no tocante aos sistemas de informação, mas também aos processos executados nas empresas. Não acho que sejam modismos, muito pelo contrário, cada vez mais teremos legislações específicas e normas internacionais focando neste importante tema.

Onde uma pessoa que quiser saber mais sobre a GeneXus pode encontrar informações e tirar dúvidas?

www.genexus.com. Pelo site, além das informações sobra a história da empresa, há informações sobre canais de vendas, descritivos dos produtos, blog de notícias, bem como a possibilidade de download de versão trial e uma coleção de treinamentos online gratuitos.

Algum último comentário que queira fazer para os leitores da VendaMais?

1º Não é a empresa maior que irá devorar a menor, mas sim a mais rápida que irá vencer a mais lenta.

2º O mundo moderno será cada vez mais dependente do software. Software “de prateleira” atende 50% a 90% das necessidades, mas não cobre um item fundamental, que é o diferencial específico de cada empresa, ou seja, aquele que tem que ser customizado ou desenvolvido como software específico. Portanto, sempre haverá necessidade de desenvolvimento de software.

GeneXus ajuda seus clientes a vencer ambos desafios! 

Para saber mais

Leia também