Equipe unida em tempos de home office: qual a receita para o engajamento?

Por Júlio Paulillo

Sempre foi um desafio manter a equipe de vendas engajada. Em uma área com metas agressivas, alta rotatividade e perfis competitivos, o team building precisa fazer parte da gestão para que a união entre os vendedores leve a melhores resultados.

Agora, com as medidas de isolamento social para conter o contágio do coronavírus, como assegurar que seu time continue trabalhando como um? E, mais importante, que seus vendedores se sintam motivados com seu trabalho entre tantos acontecimentos que trazem angústia e desviam a atenção?

Neste artigo, vou indicar algumas práticas que podem ajudar você, gestor comercial, a liderar seu time e mantê-lo engajado durante a quarentena.

Por que o engajamento importa tanto nesse momento?

Sem dúvidas, este é o pior momento que já vivemos nos negócios.

Ao mesmo tempo em que temos toda a pressão da crise econômica, que nos exige vender mais para garantir a sustentabilidade financeira, estamos em uma situação extremamente delicada. Em que vender precisa ser uma atividade totalmente baseada na empatia e no bom senso.

>> Exclusivo para assinantes: confira as dicas de Tomás Duarte, CEO da Track.co, para iniciar um processo de desenvolvimento de cultura centrada no cliente em sua empresa

Estamos nos equilibrando em uma corda bamba, que gera mais ansiedade para todos – inclusive para os vendedores, que estão na linha de frente do negócio, lidando com mais negativas, menos fechamentos e, é claro, menores comissões.

É aí que o espírito de time faz a maior diferença, contribuindo para a motivação em torno da meta, estimulando a colaboração, compartilhando desafios.

Neste período difícil para todos nós, com adaptação a uma nova rotina e acentuação das questões emocionais, atuar como uma equipe ajuda a chegar mais longe.

Dicas para manter o espírito de time durante a quarentena

Agora, vou compartilhar boas práticas que temos levantado com clientes e parceiros ao longo dessas últimas semanas, além de aplicá-las no nosso próprio time. Espero que ajude também no engajamento da sua equipe comercial!

Encontre na tecnologia uma aliada

Muito tem se falado sobre o quanto a quarentena acelerou os processos de transformação digital nas empresa. É verdade e, inclusive, aqueles negócios que já contam com soluções tecnológicas em seus processos, encontram melhores perspectivas diante da crise e da nova rotina de vendas remotas.

No engajamento de time, não é diferente. Temos recursos para diferentes fins, com diferentes resultados. Listo alguns que podem ser seus aliados na liderança comercial:

  • Ferramentas de videochamada, como o Zoom, para reuniões de time ou one-on-one.
  • Sistemas de CRM, como o Agendor, para gerenciar todas as atividades de vendas e evitar o microgerenciamento.
  • Plataformas de comunicação, como o Slack, para manter todo o time em contato.

Se ainda não conta com este tipo de tecnologia na rotina comercial de sua empresa, vale a pena buscar aquelas que possam manter o time conectado da melhor forma!

Trabalhe individualmente para fortalecer o time

Um ponto muito importante quando falamos em engajamento da equipe é não focar apenas nas interações em grupo. Até porque, para motivar todos os membros do time, é preciso saber o que move cada um deles.

Neste momento de pandemia, mais do que nunca, as conversas individuais são importantes para que você tenha o time engajado. Estamos passando por desafios bastante semelhantes, mas cada um tem sua própria maneira de reagir a eles.

Esteja presente, ouça com atenção e tenha empatia para saber o que pode estar preocupando cada um de seus vendedores. Isso fará toda a diferença na sua gestão e liderança!

Mantenha os momentos de team building

A pausa para o cafezinho, o almoço com o time, o happy hour na sexta-feira. Seu time também tem esses rituais espontâneos de interação? Então, que tal incentivar que continuem acontecendo, mesmo que de maneira adaptada, por videochamada?

É importante manter os momentos de integração, que tornam a rotina mais leve e aproximam as pessoas.

Além dessas atividades informais, que podem ser conduzidas pelos próprios vendedores, mantenha também os momentos formais de team building, como reuniões de brainstorming, treinamentos e dinâmicas de construção de time.

Relembre a importância do trabalho para a sociedade

Se estamos em uma crise tão significativa, com problemas tão urgentes, é normal sentir que o trabalho do dia a dia é menos importante, em meio a tudo o que acontece. Mas, bem sabemos, não é nada insignificante!

Toda empresa entrega uma solução para a sociedade, que resolve algum problema para pessoas ou empresas. Certamente a sua também o faz!

Pense em como transmitir isso para a equipe, com depoimentos de clientes, histórias de sucesso e compartilhamento de experiências.

Crie campanhas de incentivo e engajamento

Os times de RH e Marketing podem ser de grande ajuda na missão de manter o time de vendas unido por meio das campanhas de incentivo e engajamento.

As ações podem ser desde o envio de lanchinhos para a casa dos funcionários a fim de celebrar uma data importante para a empresa, até campanhas mais elaboradas com recompensa para metas batidas.

Apostar na comunicação interna também é importante! Com comunicados, vídeos, interações nas redes sociais, entre outros.

Abra espaço para a inovação e a colaboração

Se não estamos no melhor momento para acelerar as vendas, pode ser uma boa hora para dar espaço ao time para inovar e colaborar em novos projetos – principalmente aqueles que farão a diferença nas vendas depois que isso tudo acabar.

Abra espaço para a sugestão de novas abordagens, processos e materiais de vendas e permita que seus vendedores liderem essas iniciativas. Com certeza dará um novo ânimo para o dia a dia!

Não espere tudo “voltar ao normal”, porque ele não será o mesmo de antes 

Depois de alguns dias de adaptação, aos poucos fomos percebendo que as medidas que estamos tomando agora não são temporárias. Temos já empresas estudando a manutenção do home office, ao menos parcialmente, e os processos se transformando para serem mais digitais e mais eficientes.

Então, não adianta deixar o engajamento da equipe para “quando tudo voltar ao normal”. Primeiro, porque sequer sabemos como será o normal daqui para frente. E, segundo e mais importante, seu time precisa disso agora, para enfrentar em conjunto tudo isso que estamos vivendo. Estude, implemente, avalie e teste iniciativas para unir sua equipe!

Esse post foi escrito por Júlio Paulillo, CRO do Agendor, plataforma de CRM e gestão comercial, que funciona como um painel de controle e assistente pessoal para equipes de vendas.

Leia também: