Dica de livro: A Arte de Manipular a Sorte

Qual é o caminho do sucesso? Para Francisco Sosa, essa foi literalmente a pergunta que valeu um milhão de reais. Isso porque o empreendedor, nascido e crescido numa periferia do interior do Rio Grande do Sul, conquistou essa quantia em dois anos após focar em vendas diretas. O segredo? Marketing de relacionamento e a sorte, que ele manipulou a seu favor.

O marketing de relacionamento consiste em uma série de ações adotadas pelos lojistas para prospectar e fidelizar a clientela, além de disseminar a marca e se impor como referência no mercado. Mas essa não é uma tarefa fácil, já que requer toda uma estratégia que precisa ser planejada e bem executada.

>> Exclusivo para assinantes: Do recrutamento à demissão: confira o passo a passo para gerenciar os recursos humanos da sua empresa

Para orientar outros empreendedores que desejam trilhar o mesmo caminho e alavancar seus negócios, Sosa lançou, recentemente, seu segundo livro. “A Arte de Manipular a Sorte” apresenta ferramentas simples, concretas e eficazes de como trilhar rumo ao sucesso promovendo mudanças que trazem crescimento e prosperidade. Em abril, a obra liderou a categoria “Negócios” na lista de livros mais vendidos, publicada pelo PublishNews.

Além de empreender e escrever, Sosa se especializou em marketing de relacionamento e, hoje, também dá palestras e treinamentos sobre o tema. À VendaMais, ele concedeu uma entrevista sobre a nova publicação e compartilhou com os leitores algumas das dicas presentes no livro. Confira abaixo!

Conte-nos um pouco sobre você e sua trajetória de vida. Como chegou até aqui e quais as principais passagens de sua vida que o levaram a escrever o livro “A Arte de Manipular a Sorte”?

Francisco Sosa

Francisco Sosa, autor de “A Arte de Manipular a Sorte”. Crédito da foto: Evandro Veiga

Comecei a trabalhar aos 11 anos de idade, distribuindo panfletos em minha cidade natal, Uruguaiana (RS). Aos 16, morava sozinho na capital, Porto Alegre e, aos 20 anos, comecei a empreender, me tornando sócio de uma empresa de treinamentos e consultoria. Aos 25, comecei no mundo das vendas e descobri o marketing de relacionamento e, dois anos depois, acabei atingindo o meu primeiro milhão acumulado em comissões. Acabei, na época, escrevendo o livro “Do Zero a 1 Milhão”, onde conto a trajetória dos meus primeiros dois anos trabalhando com vendas. E agora lancei “A Arte de Manipular a Sorte”, com o intuito de ensinar às pessoas a trazer a sorte para o seu lado, sem se tornar refém de uma infância desafiadora como foi a minha. Acredito que é possível transformar a realidade.

Vamos falar sobre o livro agora. Qual a diferença em relação a outros livros que existem sobre empreendedorismo?

Neste livro, meu intuito é primeiramente chamar a atenção do público utilizando duas palavras que despertam sentimentos controversos: “manipulação” e “sorte”. Por exemplo, a palavra “manipular” remete a algo negativo, porém, o significado real é “moldar”, “construir”. Quero mostrar que é possível construir sua própria sorte. Todos temos uma lembrança de algum momento quase inexplicável de “sorte”. Porém, quero, com o livro, mostrar que em algum momento da sua vida, você fez algo em que você “plantou” esta sorte para colher no futuro. Até então, nunca vi nenhum outro livro tratar destes temas como tratei, o que deve instigar a curiosidade do público.

Por que você acha que a maior parte das pessoas ainda não aplica essas questões que você apresenta e defende no livro?

Porque é sempre mais confortável deixar as coisas como estão. A verdade é que, para ter sucesso, o ser humano precisa lidar com sensações que não gosta nem deseja, como: frustração, rejeição, fracasso, entre outras. Quero mostrar que, por exemplo, o contrário de sucesso não é fracasso, e sim, desistência. Quero, através de minha história, provar que é possível, sim, ter sucesso tendo uma origem humilde. Desde que se pague o preço. Quero provar que vale a pena. Muitos querem ter sucesso, a questão é descobrir quem está disposto a pagar o preço.

Pode nos dar um exemplo prático extraído do seu livro que exemplifique melhor seus principais conceitos?

Certa vez, descobri que um estudo de Harvard demonstrou que todas as pessoas que tinham suas metas claras e escritas no papel, após 10 anos, ganhavam 10 vezes mais dinheiro do que as pessoas que assim não o faziam. Fiz o teste e comprovei a veracidade. Simplesmente ter metas e seguir no objetivo de atingi-las, já fará uma diferença significativa.

Quais são os erros mais comuns que você vê as empresas e vendedores cometendo em relação a essas questões?

A maioria das pessoas segue suas vidas como barcos à deriva, sem um rumo. Como diria o gato no filme “Alice no País das Maravilhas”: “pra quem não sabe onde deseja ir, qualquer caminho serve”. Focar em estabelecer uma meta, buscar atingir e ressignificar os desafios no caminho faz total diferença na busca pelo sucesso.

Dessa lista de erros, qual você considera o mais grave? Por quê?

Costumo dizer que o contrário de sucesso não é fracasso, e sim desistência. Minha história é recheada de fracassos e é exatamente por isso que atingi o resultado que tenho. A maioria das pessoas encara o fracasso como um ponto final. Não entende a oportunidade incrível que o fracasso nos traz! Ele nos demonstra exatamente uma oportunidade de melhoria e de acertar na próxima vez.

Imagine que um empresário ou vendedor está procurando melhorar seus resultados nessa área. Por onde começar? De maneira sucinta e objetiva, quais as principais recomendações?

Traçar um objetivo claro, semanal, mensal, trimestral e anual. Definir como atingir estes objetivos, passo a passo. Estabelecer dois cenários: pessimista e otimista, onde no cenário pessimista ele consiga atingir suas metas nos períodos propostos. Este planejamento nunca falhou para mim.

Algum último comentário que queira fazer para os leitores da VendaMais?

Vender é o que constrói riqueza. Nenhum investimento no mercado financeiro pode trazer a rentabilidade que uma venda traz. O que enriquece, de fato, é o trabalho de vender algo, e é aí que entra o marketing de relacionamento. Parabéns a todos os vendedores e vendedoras que movimentam a economia do planeta. Nossa missão é levar o nosso exemplo de sucesso para mais pessoas que necessitam. Sorte a nossa que somos vendedores!

Conheça 5 dicas presentes no livro “A Arte de Manipular a Sorte”:

  1. Muitos contatos serão apenas contatos. Em geral, para que você consiga efetuar um cadastro, precisará fazer, pelo menos, três ou quatro contatos até fechar um negócio;
  2. As críticas sempre existirão e é o conhecimento que garantirá que você consiga ignorá-las;
  3. Contar com o apoio da família é importante, mas, caso esse apoio não venha, é preciso saber lidar e persistir até que o sucesso apareça;
  4. Você terá que aprender a fazer coisas que nunca imaginou. Por isso, comece desde já a ter iniciativa e vontade de descobrir o novo;
  5. Estabeleça metas, trace seus sonhos e projete o ponto que você deseja alcançar, pois é isso que o ajudará a se manter firme quando ninguém acreditar em você.

Saiba mais:

Leia também: