CargoX – solução digital para revolucionar o segmento de transportes no Brasil

“Uber para caminhoneiros”. Essa é uma das formas como a CargoX é conhecida. Responsável por iniciar uma verdadeira revolução no mercado de transporte de cargas no Brasil, a empresa vem chamando a atenção por trazer novas perspectivas para o segmento no país. Com o objetivo de entender a proposta de negócios da companhia, Raul Candeloro entrevistou seu fundador e CEO, Frederico Veiga. O resultado desse bate-papo você confere a seguir. Boa leitura!

Raul Candeloro – A CargoX é claramente uma empresa com uma proposta diferenciada, trabalhando em um segmento que briga sempre por preço. Qual foi o momento X, que fez vocês pensarem: “Precisamos repensar as coisas e fazer diferente?” Como foi isso?

cargoxFrederico Veiga – O momento aconteceu por volta de 2013.  O Brasil começava a entrar na crise e eu já olhava para o país e para o mercado de transporte com bons olhos. Depois de trabalhar por muito tempo em Londres – na JP Morgan – e realizar alguns empreendimentos no Chile, desembarquei aqui focado em oferecer uma solução que modificasse o segmento de transporte rodoviário, o principal modal do país.

Comecei a me aprofundar nos estudos sobre o cenário econômico e descobri diversas oportunidades, como a grande ociosidade dos caminhoneiros autônomos, a representatividade desses profissionais e a falta de conectividade do mercado, além da baixa inserção da tecnologia. Foi nesse momento que pensamos em fazer as coisas diferentes, mesmo estando longe do modelo que praticamos atualmente, já começamos a criar uma base de motoristas e iniciamos a história da CargoX.

Quais foram as principais dificuldades iniciais que a CargoX enfrentou?

Quando se propõe fazer algo diferenciado, as dificuldades sempre partem de conseguir pessoas que acreditam no seu projeto e conseguir apoio financeiro para conseguir colocar a empresa para rodar. Além disso, a busca por profissionais qualificados também é uma dificuldade, pois as companhias não possuem verbas altas e precisam conquistar de outra forma. Nós vivemos isso na CargoX.

Quais foram os principais sinais de sucesso que começaram a aparecer, mostrando o acerto da estratégia?

Os principais sinais foram a conquista de uma base de caminhoneiros relevante em um período razoável e a conquista de clientes grandes com rodadas de negociação sempre positivas. Tudo se refletiu em um primeiro ano de atuação – 2016 – com resultados muito importantes, tanto em embarques quanto em faturamento.

O que a CargoX faz que é totalmente diferente da maior parte dos concorrentes?

Nós somos a primeira e única transportadora brasileira baseada integralmente em tecnologia e inovação. Esse é um de nossos principais diferenciais, trabalhamos totalmente conectados e otimizando o transporte brasileiro. Buscamos operar com a ociosidade dos caminhoneiros autônomos e isso impacta diretamente no valor pago por nossos clientes.

Especificamente em relação a vendas (que é nosso foco na VendaMais), qual foi o trabalho realizado com a área comercial para poder aproveitar melhor as oportunidades e reforçar os diferenciais da CargoX?

Nossa equipe de vendas tem como foco mostrar a oportunidade proporcionada pela nossa solução e expor como o modelo tradicional é ruim para o mercado como um todo. Realizamos comparações reais com nossos clientes e mostramos nossos resultados. A mudança é tão benéfica que é difícil uma prospecção não realizar, ao menos, um teste com nosso modelo.

Em nossa apresentação mostramos como a tecnologia é um caminho sem volta, uma mudança que irá afetar todo mundo e como isso pode apresentar resultados relevantes. Destacamos nossos parceiros, investidores e atuais clientes, mostramos como nossa estrutura não é de uma empresa amadora, é de uma empresa que irá modificar o modelo atual e isso será uma revolução.

Como os clientes foram envolvidos nesta caminhada?

A reação dos clientes é muito positiva e se torna mais forte a cada dia, pois atuamos para que eles não tenham nenhum problema. Levamos ao pé da letra a questão de ser uma solução, precisamos apresentar formas de resolver problemas, mesmo que eles não sejam ligados à nossa empresa.

Vimos que nossos clientes estão entendendo que o prazo em que eles mandam suas cargas é importante para sua economia, às vezes, mandar a carga um dia antes ou depois pode resultar em um serviço mais econômico e otimizado. Assim, eles começam a buscar uma organização melhor e trabalham ligados a nossos sistemas para economizar sempre, mantendo a qualidade alta.

Quais foram as resistências internas (equipe, sócios, diretoria) e como lidaram com elas?

Não tivemos nenhuma resistência interna, isso é resultado de não buscar no mercado profissionais com os “vícios” do modelo tradicional. Sempre buscamos pessoas de cabeça aberta, jovens e com pensamentos novos, tudo bem alinhado aos nossos desejos, à nossa cultura e assim por diante.

Avaliando o processo hoje, existe algo que você acha que poderia ter sido feito diferente/melhor? Que conselhos daria para alguém passando por situação parecida?

Acredito que sempre exista algo que pudesse ter sido feito de uma melhor forma, uma solução que não foi apresentada mais rapidamente ou afins. Não existe nenhum episódio específico, mas o conselho que eu daria é: Erre bastante! É assim que se cria experiência. Mas para que a experiência seja positiva, busque sempre corrigir os erros rapidamente.

Em quais áreas da CargoX foram feitos os principais investimentos nesse processo? Onde foi colocado mais foco e energia?

Atendimento e vendas foram as duas áreas em que realizamos mais investimentos, pois temos como base um relacionamento próximo ao nosso cliente e caminhoneiro, além de sempre encontrar a melhor venda para ele, com a melhor relação custo x benefício x qualidade.

Quando se atende um cliente, por exemplo, a forma de se vender e relacionar é uma, quando se faz isso com 20/30, é diferente. Por isso sempre estamos revendo nossos processos.

Qual é o próximo grande objetivo da CargoX?

Nosso crescimento será muito grande nos próximos anos, acreditamos que iremos dobrar de tamanho até o final do ano e nosso faturamento deve superar o 100%. O próximo grande passo é conquistar cada dia uma estrutura maior, queremos sempre alcançar novos clientes e superar barreiras que hoje existem em algum determinado segmento. Queremos ampliar nosso catálogo de cliente e serviços.

Algum comentário final que gostaria de fazer para nossos assinantes e leitores da VendaMais?

Acredito que a mudança acontece quando se conecta tecnologia com novos modelos de negócio, a sua empresa precisa de soluções e existem empresas que são especialistas em solucionar. A CargoX faz isso no transporte de carga lotação e impacta de forma real seus clientes e mercado, pense que você pode ter em mãos uma grande solução, mas ainda não identificou com fazer ela “explodir”. A revolução está acontecendo e, se você ficar de fora, irá perder espaço para a concorrência.

Quer saber mais sobre a CargoX? Visite o site: cargox.com.br

Imagens: Divulgação

Leia também: