5 maneiras rápidas de resolver seus problemas em vendas

Encontrei 5 formas de resolver rapidamente a maior parte dos problemas de vendas e gostaria de compartilhar com você.

Para início de conversa, é importante dizer que geralmente a maior parte dos problemas gira em torno de alguns pontos comuns:

  • Prospecção de clientes;

  • Taxa de conversão de clientes (de cada X contatos, quantos realmente compram?);

  • Valor médio de compra (quando um cliente compra, quanto ele gasta?);

  • Recorrência (com que frequência o cliente compra?);

  • Diferenciação (reforço de diferenciais e também marketing boca a boca, recomendações, indicações e testemunhais).

A questão por trás destes pontos é você entender as causas disso e agir de maneira inteligente e planejada. O que é justamente o contrário do que a maior parte dos vendedores faz.

Separei então 5 desafios que revisam os pontos principais e, principalmente, o que você pode fazer de prático, útil, simples e rápido para acelerar suas vendas.

No 1º desafio, reviso os principais erros cometidos por vendedores, faço o/a vendedor/a se autoavaliar e notar quais pontos de melhoria precisa trabalhar. Afinal, não adianta criar mais oportunidades de vendas para um vendedor despreparado – só vai piorar o processo.

Nota rápida do Raul: mesmo em equipes maduras, a média de autoavaliação dos vendedores que fazem este teste é de 6.5, com nota máxima sendo 10. Só aí dá para ver quanto dá para melhorar.

Segundo desafio é a transmitir segurança ao cliente, diminuindo a percepção de risco da compra. Isso é fundamental principalmente em mercados mais concorridos, em que o prospect ou cliente tem opções de escolha, nem sempre entende nem sabe como comparar e acaba comprando errado só porque era mais barato.

Terceiro desafio é falar sobre contato com clientes. Noto que existe uma mesmice, uma repetição, uma monotonia tanto na forma como se tenta prospectar clientes. Existem tantas opções disponíveis! Baratas, acessíveis, criativas…

Os alunos que têm feito este exercício têm nos dado feedback fantástico e muitos depoimentos incríveis de clientes que nunca retornavam mensagens mandando recados, entrando em contato de volta, pedindo mais informações… simplesmente porque o vendedor tentou algo diferente.

São 40 ideias que eu dou, mas depois que você entende a lógica e como aplicar no seu dia a dia, as opções são infinitas (e fáceis de fazer).

Quarto desafio é o de pedir indicações. Existem 7 ou 8 momentos ideais para fazer isso e, na média, os vendedores só usam um deles.

Todo mundo concorda que vender através de indicações é muito melhor. O cliente já vem mais qualificado, com maior probabilidade de fechar, geralmente compra mais.

Então por que vendedores e vendedoras não trabalham com indicação? Por que só usam UMA das opções, quando existem no mínimo mais 6 oportunidades?

Neste desafio eu explico por que isso acontece – e o que fazer para resolver rapidamente.

Comentário do Raul: uma das coisas que mais me motiva é receber depois os depoimentos de alunos contando que decidiram começar a pedir indicações do jeito que ensino e em menos de 48h já tinham vendas efetuadas…

5º e último desafio que proponho é o do pós-não vendas. Na ExpoVendaMais que fizemos em 2019, último evento que realizamos antes da pandemia, foi de longe o conceito mais comentado no painel que criamos de ‘boas ideias para colocar em prática’.

A ideia é simples, mas poderosa: o que acontece com prospects que entraram em contato, ou foram contatados, mas não compraram?

A maior parte das empresas, e dos vendedores, simplesmente abandona esses prospects como se todos eles tivessem zero chance de comprar.

Sabemos que isso não é verdade (e temos números para comprovar – pergunte a qualquer aluno meu que colocou o PNV em prática).

Em muitos casos, fazer pós-não vendas é muito melhor do que prospectar! Traz resultados imediatos e, mais: diferencia você da concorrência (que provavelmente continua também abandonando muitos possíveis relacionamentos).

Ensino exatamente o que fazer, como colocar em prática e garanto resultados muito rápidos.

Só de ler este e-mail rápido você já deve ter tido muitas ideias:

  • Desafio 1: erros mais comuns e como evitar;

  • Desafio 2: como transmitir mais segurança aos prospects na hora de fechar;

  • Desafio 3: maneiras diferentes de contatar prospects e clientes;

  • Desafio 4: pedir mais indicações;

  • Desafio 5: pós-não vendas.

Você pode fazer isso sozinho e já vai ter resultados. Ou pode vir fazer isso comigo no PAV Light. Assim, vai ter meu acompanhamento, minha experiência, acesso aos bastidores e a todos os outros alunos aplicando as ideias na prática do seu dia a dia, com muita troca, aprendizagem e criatividade.

Mais informações sobre o PAV aqui: https://www.institutovendamais.com.br/curso/pav-light-programa-de-aceleracao-vendamais/

PAV é uma proposta diferente: um curso de vendas que dá lucro para você. Isso mesmo, é para se pagar e dar lucro! Ou seja, você ganha 3x: conhecimento, prática, $$$.

Não temos mais tempo para cursos só teóricos na área comercial. Precisamos já de coisas que possamos implantar imediatamente. Essa é proposta do PAV. Espero ver seu nome na lista da turma de inscritos deste ano!

Abraço, obrigado, $uce$$o, boa $emana e boa$ venda$,

Raul Candeloro
Diretor
www.vendamais.com.br

P.S Várias empresas estão comprando pacotes de inscrição, com valor negociado, para incluir TODOS os vendedores da equipe no PAV, fazendo inclusive competição e campanha entre eles. Caso tenha interesse em organizar algo assim, fale com o Jean (jean@vendamais.com.br).