De vendedor de cartão de visitas a 1 bilhão de vendas pela internet. Conheça a trajetória de Alfredo Soares

Diretor da Loja Integrada e fundador da Xtech Commerce, jovem empreendedor revela como melhorar a experiência do cliente e escalar produtos e serviços por meio de e-commerce. Juntas, as duas empresas movimentam mais de R$ 1 bilhão em vendas dentro do comércio eletrônico brasileiro

Foi ainda adolescente que Alfredo Soares deu vida ao primeiro negócio próprio, à época uma empresa para produzir cartões de visita. Mais tarde, já na faculdade de Publicidade e Propaganda, criou o Marketing Shop – site que prestava serviços digitais para pequenas e médias empresas (PMEs). Em 2014, a empresa de marketing foi transformada em uma plataforma para hospedagem de sites virtuais – segmento que estava em crescimento no país. Surgia a XTech Commerce, startup do setor de e-commerce.

No início de 2018, a Xtech Commerce foi comprada pela Vtex, gigante do comércio eletrônico em uma transação com cifras milionárias. Mesmo com a venda, Alfredo continuou à frente da empresa, assumindo no ano passado a direção da Loja Integrada, que já fazia parte da VTEX. Trata-se de uma plataforma gratuita que oferece recursos para a criação de lojas virtuais.

Juntas, Xtech Commerce e Loja Integrada fazem parte da unidade SMB da VTEX e possuem mais de 870 mil lojas criadas em suas plataformas. Em 2018, as duas plataformas transacionaram juntas R$ 1 bilhão em vendas dentro do comércio eletrônico brasileiro. Agora, o plano das empresas é expandir para cerca de 50 países nos próximos 5 anos, começando pela América Latina.

De acordo com Soares, as marcas atendem níveis de empreendedores diferentes e se complementam, firmando a estratégia da VTEX em atender todo o setor. Enquanto a primeira possui planos gratuitos, o pacote inicial da Xtech parte de 99 reais por mês. Confira a seguir na entrevista com Soares dicas para melhorar a experiência do cliente e como utilizar o e-commerce para escalar o seu produto ou serviço.

Olá Alfredo, tudo bem? Prazer em falar com você e poder entrevistá-la para a VendaMais. O que é que vocês oferecem exatamente na XTech? Como o seu serviço é diferente de outras plataformas similares no mercado?

Na Xtech a gente oferece um serviço de plataforma para criação de lojas virtuais, integrada às principais soluções do mercado.

Sobre os diferenciais, a Xtech é uma plataforma flexível, robusta e altamente escalável, que permite que o cliente comece seu negócio com acesso a diversos recursos tecnologias e integrações para criar layouts e projetos customizados utilizando a plataforma e a tecnologia da Xtech, focando no core business do negócio para construir um negócio escalável.

Na VendaMais somos 100% focados em vendas. Como a XTech pode ajudar uma empresa a reduzir seus custos de vendas, melhorar seu faturamento ou melhorar o atendimento a clientes? Pode compartilhar com a gente alguns casos de sucesso?

Livro A melhor estratégia é atitude – Bora Vender, de Alfredo Soares

Na verdade, o e-commerce não ajuda diretamente o empreendedor a aumentar suas vendas. Para isso acontecer, é muito importante ter uma estratégia que vai além de só ter uma loja virtual criada. O e-commerce é o meio que torna isso viável e escalável. Enquanto na loja física você acaba tendo um custo muito alto para fazer o marketing e levar o cliente até a loja, no e-commerce é o contrário: o lojista consegue “levar” o negócio até o cliente por meio da internet, do digital, de divulgações em redes sociais, numa postura mais ativa, assumindo o controle. E este é o diferencial do e-commerce para ajudar as empresas a venderem mais. 

Temos alguns cases do segmento de indústrias, distribuição, varejo, que usaram o e-commerce para poder atender clientes em outros estados – uma empresa do Rio de Janeiro com público-alvo e maior pico de vendas no Nordeste, por exemplo. O e-commerce permite essa flexibilidade na área de atuação, que deve ser definida na estratégia do negócio. Mas este é o diferencial do e-commerce: expandir os horizontes e as possibilidades.

Que tipo de empresa pode se beneficiar deste tipo de solução?

Qualquer tipo de empresa, indústria, business to business (B2B), varejo, serviços. Além de empresas de diferentes portes. O e-commerce está cada vez mais abrangente em relação ao segmento e ao tamanho das empresas, uma vez que a tecnologia virou uma commodity, então o que mais importa é a estratégia definida para utilizar a tecnologia. A tecnologia também está cada vez mais acessível. Hoje, por exemplo, é possível criar uma loja virtual gratuitamente, através da plataforma Loja Integrada, uma ferramenta que disponibilizamos para o lojista que está começando seu negócio e quer testar o mercado. Mas de novo, é importante desenhar bem a estratégia e definir: não importa o que você vende e sim para quem. E aí está a necessidade da construção do branding, que gera valor, para depois vender.

Da mesma forma, que tipo de situação a XTech não se propõe a resolver?

A Xtech não é uma ferramenta para vender, por exemplo, cursos online ou serviços gráficos. Para isso existem plataformas específicas de EAD. São estes mercados específicos em que não atendemos. Mas como grupo VTEX, uma das maiores empresas do e-commerce nacional, com a Loja Integrada e a Xtech Commerce, oferecemos soluções para todos os tipos e tamanhos de clientes que querem usar o e-commerce como estratégia.

Quais são os 3 erros mais comuns que você vê as empresas cometendo em relação à tentativa de vender mais usando lojas numa plataforma como a sua?

O primeiro deles é querer subir a loja com “tudo pronto” (produtos, serviços etc.) e não existe perfeição na internet! Tudo pode melhorar o tempo todo. Então, você tem que começar devagar e ir melhorando, a cada passo/etapa, conforme for conhecendo o seu negócio, vendo ele rodar.

O segundo erro grave que as pessoas cometem é esperar o cliente encontrar a loja. É preciso fazer a loja chegar ao cliente, construir a audiência. A loja é um meio para o resultado. Você precisa fazer a sua loja chegar até seu cliente. E para isso você precisa de uma estratégia de marketing assertiva usando a internet e a tecnologia a seu favor.

E o terceiro erro gravíssimo é a questão da experiência. As pessoas acham que a venda acontece quando o cliente paga e o pedido é aprovado. Na verdade, a experiência no e-commerce vai além, está focada em toda jornada de compra do usuário, desde o acesso ao site, a escolha do produto e do meio de pagamento, até o momento que esse consumidor recebe sua encomenda e usa esse produto.

Dessa lista de erros, qual você considera o mais grave? Por quê?

Acredito que o erro gravíssimo está relacionado à experiência do cliente, muitas vezes deixado de lado pelos lojistas que vendem pela internet.

Onde uma pessoa que quiser saber mais sobre a XTech pode encontrar informações e tirar dúvidas?

Quem quiser saber mais sobre a Xtech, eu convido a visitar nosso site www.xtechcommerce.com. Além disso, temos diversos conteúdos educativos gratuitos sobre e-commerce e diversos parceiros que podem ajudar o lojista com a implementação.

E vamos criar um cupom “Venda Mais”, que dará direito a 2 meses de teste grátis, para o lojista testar a plataforma e ver se ela atende às suas necessidades. Nosso objetivo é ajudar o lojista com sua estratégia, para construirmos, juntos, uma história de sucesso.

Algum último comentário que queira fazer para os leitores da VendaMais?

A maioria dos empreendedores quer vender pela internet, mas o correto é utilizar a internet para vender. Então na hora de montar uma oferta ou tentar vender algo, não fique preso ao desconto ou ao preço. Tente encontrar o intangível por traz desse serviço ou produto – qual o problema que o seu produto resolve para o cliente – e é isso que ele vai receber na casa dele: a experiência!

Leia também: