Os 3 “p’s” da alta performance em vendas

4 abril, 2017 2:18 pm Publicado por | Deixe um comentário

Um dos motivos pelos quais uso a roda das vendas nos meus cursos e workshops é porque ela permite visualizar, de maneira rápida, simples e objetiva o que chamo de “p’s” da alta performance em vendas.

(As aulas do meu curso Alta Performance em Vendas começaram ontem, mas ainda dá tempo de você se inscrever e acompanhar a turma. Acesse www.institutovendamais.com.br para saber mais.)

Depois de 20 anos trabalhando na área, notei que a maior parte dos vendedores quer muito melhorar, mas raramente sabe exatamente o que tem que fazer. E, como estão pressionadíssimos por metas, acabam deixando para depois seu projeto pessoal de melhoria.

Com o passar do tempo, passam a repetir uma rotina que nem sempre é a mais eficiente, não utiliza todo o potencial da pessoa e nem traz todos os resultados que poderiam ser alcançados.

Da mesma maneira, temos inúmeros gerentes com a clara sensação de que a equipe comercial poderia render bem mais, mas sem saber exatamente como implementar de maneira eficaz um projeto de desenvolvimento. (Fora a questão de justificar o ROI, ou retorno sobre investimento, dos custos envolvidos em treinar a equipe de vendas).

Para ajudar você a entender melhor os “p’s” da alta performance, criei um mini checklist no formato de exercício, que pode ser feito individualmente ou em equipe. É a mesma lógica que uso nos cursos e palestras e que você pode adaptar para seu próprio dia a dia:

1. Propósito: Define qual a missão do vendedor dentro da estratégia comercial da empresa

  • Qual é exatamente sua missão como vendedor ou vendedora?
  • Todos os vendedores da empresa SABEM a resposta?
  • Todos os vendedores da empresa dão exatamente a mesma resposta?
  • Todos os vendedores da empresa estão agindo de acordo com essa missão no seu dia a dia?

Como melhorar o 1º P, de “Propósito”: Definir claramente a missão do vendedor (missão envolve descrição de cargo, mas também vai além disso), alinhar todos os vendedores nessa missão, treinar e desenvolver os vendedores a praticarem a missão, criar indicadores que avaliem mensalmente se a missão está sendo alcançada, feedback em grupo e individual para melhoria contínua.

2. Psicologia vencedora: Define a qualidade dos pensamentos e atitudes dos vendedores

Qual tem sido a qualidade dos seus pensamentos (ou da equipe comercial) em relação a:

  • Planejar e organizar seu tempo?
  • Atingir suas metas?
  • Prospectar novos clientes?
  • Buscar novas oportunidades para se desenvolver?
  • Trabalhar produtos serviços de maior valor agregado?
  • Vender valor e não preço baixo/descontos?
  • Potencializar oportunidades dentro da própria carteira de clientes?

Como melhorar o 2º P, da “Psicologia Vencedora”: Plano de Ação Individual para melhoria contínua dessas atitudes. Ou seja, feedback objetivo também sobre atitudes e comportamentos, e não apenas sobre resultados, faturamento etc.

3. Produtividade: Define metas, indicadores, eficiência, eficácia

  • Quais atividades de vendas são prioritárias? As mais comuns: prospectar, atender clientes da carteira atual (percentual de positivação), recuperar clientes inativos, vender mix de produtos/serviços, trabalhar descontos de maneira mais estratégica etc.
  • Por que elas são prioritárias?
  • Como essas atividades prioritárias são medidas? (indicadores de performance)
  • Como cada vendedor do grupo está evoluindo em relação aos seus indicadores e metas individuais?

Como melhorar o 3º P, de “Produtividade”: Plano de Desenvolvimento e Ação Individual para melhoria contínua desses indicadores de performance relacionados especificamente às atividades de vendas. Note que mais uma vez reforço a importância do feedback sobre outros assuntos além dos resultados finais. Vejo empresas demais discutindo meta, faturamento, comissões, e pouquíssimo tempo discutindo de maneira séria, organizada e produtiva o que realmente interessa: atitudes, comportamentos e processos/atividades de venda.

É fundamental dar feedback não apenas sobre os resultados finais, mas principalmente sobre o que levou a esse resultado. Só assim você pode melhorar de maneira contínua, inteligente e sustentável.

Para os gestores que buscam ferramentas específicas para dar feedback mais produtivo à sua equipe de vendas, recomendo a avaliação mensal usando os 8 Passos da Venda como referência, que é o que fazem os alunos do curso Alta Performance em Vendas.

Enquanto isso, esse checklist dos 3 “p’s” permite fazer uma rápida, mas precisa autoavaliação, definindo pontos positivos e pontos de melhoria.

Esse círculo de crescimento, de definição, autoavaliação, planejamento e execução dos próximos passos de melhoria é o caminho da Alta Performance em Vendas. É quase que um PDCA adaptado exclusivamente ao conceito de kaizen em vendas – hoje melhor do que ontem, amanhã melhor do que hoje. Use-o a seu favor!

Abraço e boas vendas,

Raul Candeloro
P.S. As aulas da 1ª turma de 2017 do meu curso Alta Performance em Vendas começaram ontem, mas você ainda consegue fazer sua inscrição: www.institutovendamais.com.br

Para receber mais conteúdos, assine a E-zine VendaMais (Grátis).

Clique aqui, cadastre seu e-mail para receba semanalmente dicas do Raul Candeloro. Junte-se aos mais de 55 mil assinantes. E receba gratuitamente um e-book com 31 dicas para divulgar seu negócio!


Gostou da matéria, acesse aqui e assine e a VendaMais

Tag: , , , ,

Categorizados em:

Este artigo foi escrito porRaul Candeloro


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *