As 4 virtudes estoicas – coragem, justiça, autocontrole e sabedoria

23 maio, 2017 4:35 pm Publicado por | Deixe um comentário

Embora more nos Estados Unidos, estou umbilicalmente ligado ao Brasil. Meu trabalho é no Brasil, minha família (ou boa parte dela) está no Brasil, meus amigos são 99% brasileiros, o que sinto que seja minha missão de vida, a VendaMais, meus clientes de palestras, workshops, grupos de mentoria, alunos de cursos online… todos no estão no Brasil.

Passo o dia conectado, respondendo e-mails, falando por Skype – em português. Meu Facebook e Linkedin têm 99% de conexões do Brasil (e as que não são, provavelmente não entendem nada do que publico, pois só publico em português). E, como não poderia deixar de ser, diariamente sou bombardeado por más notícias sobre a economia do nosso país e, principalmente, sobre a política e seus reflexos e impactos negativos na vida de todos.Nessas horas muita gente olha para nós, considerados “especialistas” em alguma área, como referência. O que fazer? Para onde ir?

Sou humilde e experiente o suficiente para saber que minha opinião é apenas isto: mais uma opinião. Pode ser um pouco mais culta, um pouco mais elaborada, um pouco mais profunda (ou não…), mas não mais do que isso: mais uma opinião.

Pois bem: vou dar minha opinião.

Na verdade, vou contar meu modelo mental para lidar com esse tipo de situação. Sei bem que é incompleto (quem não é?) e que pode estar facilmente sujeito a críticas (quem não está?). Mas para mim funciona e talvez, quem sabe, possa servir como referência para você também.

Nessas horas de insegurança e confusão, passo a (re)ler textos de filósofos estoicos. Não acho que caiba aqui explicar o estoicismo (Tem uma explicação excelente aqui: https://pt.wikipedia.org/wiki/Estoicismo), mas você com certeza deve já ter ouvido falar dos seus principais pensadores:

  • Sêneca
  • Epicteto
  • Marco Aurélio (imperador romano)

Os estoicos defendiam quatro virtudes cardeais:

  1. Coragem.
  2. Justiça.
  3. Autocontrole.
  4. Sabedoria.

Nessas horas acho que as quatro virtudes estoicas nos servem muito bem. Cada um de nós terá uma definição pessoal e uma forma única de manifestar isso nos seus comportamentos, atitudes e fala. Mas o exercício diário dessas quatro virtudes com certeza trará benefícios e levará você a pensar, falar e fazer o que é correto.

Tenha coragem, seja equânime, exercite o autocontrole, fale e aja com sabedoria.

É o que eu faço para lidar com situações adversas. Minha conversa mental rapidamente ganha foco e objetividade.

  • Estou sendo corajoso ou covarde?
  • Estou sendo justo e imparcial ou parcial/injusto?
  • Como está meu controle emocional?
  • Estou lidando de maneira sábia com isso?

Essas perguntas sempre ajudam a refletir melhor sobre como reagir.

Tenho modelos mentais e exercícios diferentes para outras situações (por exemplo, exercitando as 10 atitudes do nosso CHA), mas neste momento acho que o estoicismo, pelo seu foco na ética, no correto, na virtude e no exercício da reflexão mental constante para melhorar é o mais indicado.

Abraços de quem acredita que, antes de melhorar, muitas vezes as coisas precisam piorar (por isso é importante estar preparado e o estoicismo é fantástico para isso),

Raul Candeloro
Diretor

P.S. Meus dois livros preferidos sobre o assunto: A arte de viver (de Epicteto) e Meditações (de Marco Aurélio). Sêneca é uma excelente opção também.

Para receber mais conteúdos, assine a E-zine VendaMais (Grátis).

Clique aqui, cadastre seu e-mail para receba semanalmente dicas do Raul Candeloro. Junte-se aos mais de 55 mil assinantes. E receba gratuitamente um e-book com 31 dicas para divulgar seu negócio!


Gostou da matéria, acesse aqui e assine e a VendaMais

Tag: , , , , , , ,

Categorizados em:

Este artigo foi escrito porRaul Candeloro


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *